Akira

Por que as obras de Akira Toriyama são ambientadas em lugares quentes?

Akira Toriyana se tornou uma referência no mundo do mangá. Ao contrário de outros mangás, este conseguiu fazer com que vários dos seus trabalhos se tornassem êxitos mundiais, sendo o mais conhecido de todos os Dragon Ball

Essa obra teve como elemento chave para se tornar um ícone em todo o mundo, porém isso não significa que não tenha coisas em comum com as demais obras, como o fato de estarem todas ambientadas em lugares quentes.

Embora muitas pessoas não tenham notado os lugares onde as obras de Akira Toriyama são ambientadas, se pensarmos um pouco podemos perceber que todas elas acontecem em áreas quentes

Ao contrário de muitos outros mangás, este não escolheu este tipo de ambiente para dar ao leitor uma sensação de calor ou tranquilidade, mas sim tem mais a ver com os gostos do próprio Toriyama.

Por que todas as obras de Akira Toriyama são ambientadas em lugares quentes?

Se Akira Toriyama coloca todos os seus trabalhos em lugares quentes, é principalmente porque não gosta do frio e até odeia o inverno por isso. 

Obviamente em suas obras existem algumas cenas onde há frio e podemos até ver lugares com neve, porém o mangaká tenta evitá-lo na maioria das vezes. Este fator não influencia em nada o enredo principal de suas obras mais conhecidas, porém é algo bastante curioso e que para muitos pode passar despercebido.

Embora tenha sido o próprio mangaká quem confessou que odiava o frio e o inverno, ele não disse se havia uma razão específica para isso. 

Deve-se levar em conta que no Japão os verões são muito mais curtos e nublados do que em outros países do mundo, então esse fator pode afetar. 

Nesse sentido, deve-se levar em consideração que Akira é um dos mangakas mais valorizados e que esse tipo de ambiente pode influenciar outros mangakas a fazerem seus próprios trabalhos.

Por que as obras de Akira Toriyama são ambientadas em lugares quentes? via @focoefama
Marcações:
nv-author-image

Marcel Souza

Marcel Souza é o criador e gerente de uma cadeia de websites na Epiks Inc. Ouvinte assíduo de podcasts a mais de 5 anos e entusiasta da Cultura Pop, resolveu gastar suas energias criando o Foco e Fama e parar de xingar seus atores preferidos quando fazem más escolhas.