‘A Garota na Foto’: Quem é Suzanne Sevakis? 

Iasmin Maciel
4 Minutos de Leitura
suzanne-sevakisn

A Netflix lançou a ‘A Garota na Foto’, seu novo documentário criminal sobre o caso de Tonya Hughes morta em um atropelamento em 1990.  

O caso é repleto de reviravoltas, incluindo a própria identidade da jovem, que tem uma reviravolta com a chegada de Clarence Hughes, alegando ser seu marido.

Porém, o caso sofre outra reviravolta ao descobrir que Tonya é, na verdade, Suzanne Sevakis, uma das 2 crianças sequestradas por Franklin Delano Floyd

Quem é Suzanne Sevakis? Entenda o caso de ‘A Garota na Foto’ 

No início do documentário, o público é apresentado à trágica morte de Tonya Dawn Tadlock, de 20 anos, também conhecida como Tonya Hughes.

Um homem chamado Clarence Hughes chegou ao hospital no dia seguinte, alegando ser seu marido e pai de seu filho de dois anos, Michael Hughes.

Acredita-se que ela tenha morrido em um incidente de atropelamento em 1990, a poucos dias de seu aniversário de 21 anos.

Quando as fotos de Tonya Hughes começaram a circular no noticiário, algumas pessoas ficaram atordoadas e confusas, pois a mulher que reconheceram nas fotos não era Tonya Hughes, mas uma mulher chamada Sharon Marshall, e o homem que se passava por seu marido, eles reconheceram como Warren Marshall.

Warren Marshall era o fugitivo Franklin Delano Floyd

No entanto, Warren Marshall não era seu pai e Clarence Hughes não era seu marido. Ele era na verdade o fugitivo Franklin Delano Floyd.

Quase 30 anos após sua morte, a verdadeira identidade de Tonya/Sharon foi descoberta como sendo Suzanne Sevakis.

Durante a década de 70, Sandi conheceu Franklin Delano Floyd sobre o pseudônimo de Brandon Williams, com a promessa de ajudar a mulher a cuidar das 4 crianças.  

Sandi foi presa ao usar um cheque sem fundo, mas, ao retornar de sua pena na prisão, descobre que Franklin fugiu com seus filhos. A mulher chega a recuperar 2 crianças, mas Suzanne e o irmão Philip continuaram desaparecidos.  

Suzanne foi levada por Franklin onde viveram com a identidade de Sharon e Warren Marshall, pai e filha.

Floyd mudou o nome de Suzanne para Sharon Marshall

Suzanne Sevakis permaneceu sob o controle de Floyd, que a criou como sua filha, mudando seu nome para Sharon Marshall.

Quando Sharon e Floyd se mudaram para Nova Orleans em 1989, Floyd mudou seus nomes para Clarence Hughes e Tonya Hughes, e eles foram legalmente declarados marido e mulher.

Onde estão os filhos de Suzanne Sevakis?

A filha de nascimento de Sevakis, Megan Dufresne, também se apresentou ao jornalista investigativo Matt Birkbeck, que publicou seu livro A Beautiful Child sobre a misteriosa mulher chamada Sharon Marshall.

Com o DNA e os nomes da família de Sevakis, testes de DNA puderam ser realizados, e sua identidade oficial foi confirmada.

Infelizmente, Michael Hughes (filho de Suzanne), que Floyd havia sequestrado em setembro de 1994, nunca foi encontrado. Floyd admitiu aos mesmos agentes do FBI que o matou com um tiro na nuca no mesmo dia em que foi sequestrado.

Floyd disse ao FBI que os restos mortais de Michael foram enterrados perto da última saída interestadual saindo de Oklahoma, mas nunca foram encontrados.

A morte de Suzanne trouxe a verdade sobre sua verdadeira vida e como ela foi mantida durante anos sobre a posse de Franklin. Mais detalhes do caso é explorado no documentário ‘A Garota na Foto’ disponível na Netflix.  

Compartilhe este Post
Iasmin Maciel é escritora freelancer que encontra nos livros, filmes e series um abrigo para a mente. Ela pode passar o dia inteiro falando de sua série preferida "How I Met Your Mother".