james-halsell

Astronauta americano James Halsell confessa duplo homicídio

O astronauta da NASA James Hallsell confessa duplo homicídio culposo de duas meninas em um acidente de carro em 2016.

Halsell estava sob a influência de drogas e embriagado quando dirigiu um carro alugado e bateu na traseira de outro carro, que transportava duas irmãs. A mais nova tinha 11 anos, a mais velha tinha 13.

Ele poderia receber 20 anos de prisão por homicídio culposo e 10 anos por agressão, mas o juiz concordou em dar-lhe quatro anos de liberdade condicional e outros 10 anos de supervisão. Ele pode ser mandado para a prisão por 16 anos se violar seu período probatório.

Os parentes das meninas disseram ao tribunal que ficaram arrasados com o resultado.

“Isso é injusto. Minhas filhas eram garotinhas incríveis, lindas, inteligentes e fortes que poderiam ter se tornado qualquer um neste mundo se tivessem a oportunidade de crescer, mas isso foi tirado de mim e de todos neste mundo”, disse a mãe das meninas, Latris Parler.

James Holsell trabalha como astronauta desde 1990 – ele tem cinco missões e 1250 horas no espaço. Ele comandou uma missão três vezes e foi piloto de ônibus espacial duas vezes.

O americano foi um dos primeiros astronautas a voar para o espaço após a queda do ônibus espacial Columbia. Depois de ser demitido em 2006, Halcell mudou-se para trabalhar na indústria aeroespacial.

james-halsell

Autor(a): Handreza Hayran

Handreza Hayran é editora do Foco e Fama e autoproclamada especialista das curiosidades obscuras da cultura pop.

Cineasta iraniano morto e desmembrado pelos próprios pais

Luis Miguel a série

Luis Miguel, a série: Ameaça de processo e uma terceira temporada