Lisa McVey: Uma adolescente que sobreviveu a um serial killer

Iasmin Maciel
3 Minutos de Leitura

O filme ‘Acredite em mim: A história de Lisa McVey’ narra o sequestro de uma adolescente, que após fugir dos seu raptor, precisa convencer a família e as autoridades sobre o que aconteceu com ela. 

Baseado em fatos reais, vamos mergulhar na vida de Lisa McVey.

Lisa McVey: Uma adolescente que sobreviveu a um serial killer

Em 1984 toda a família de Lisa McVey estava aflita sem saber o paradeiro da adolescente.

Enquanto todos seguiam sem notícias, as autoridades continuavam na busca pela garota, até que em uma reviravolta, Lisa retorna para seu lar afirmando ter usado psicologia reversa para ser liberta de um sequestro. 

Aos 17 anos, Lisa vivia com a avó após anos passando por vários lares adotivo. Na madrugada em que foi sequestrada, a jovem pensava em cometer suicídio por não mais suportar os abusos que sofria do namorado da avó. 

Lisa McVey

Enquanto retornava do estabelecimento que trabalhava, Lisa foi surpreendida e aguarrada por alguém, que com uma arma apontada em sua cabeça a levou para um carro e a manteve amarrada. 

Durante as horas que passou em cárcere, a jovem foi estrupada e violentada várias vezes, mesmo em um estado delicado, Lisa conseguiu convencer o sequestrador a libertá-la.

Ela dizia que tinha um pai muito debilitado que necessitava de sua ajuda e até afirmou que namoraria o sequestrador em uma forma de conquistar sua empatia. 

O plano de Lisa deu certo, com o sequestrador decidindo libertar a jovem. 

Ao retornar para casa, a família não acreditou nos relatos de Lisa, porém, ela conseguiu o apoio de um policial que a ajudou a identificar Robert Joseph Long como o sequestrador.

Com o avanço das investigações foi descoberto que Robert foi o responsável pelo assassinato de 8 mulheres, o que levou o homem para o corredor da morte, sendo executado em 2019. 

Por quanto tempo Lisa McVey foi mantida em cativeiro?

Ele libertou McVey depois de estuprá-la por um período de 26 horas.

McVey, sabendo que escapar do apartamento era sua única chance de sobrevivência, disse a Long que ela era filha única e precisava cuidar de seu pai doente.

O que aconteceu com Bobby Joe Long?

Foi deduzido que Long foi responsável pelo sequestro, agressão sexual e assassinato de pelo menos 10 mulheres na área da baía de Tampa, na Flórida, durante um período de oito meses em 1984.

A polícia coletou evidências forenses firmes ligando-o aos assassinatos, e mais tarde ele se declarou culpado de todos os 10 deles.

Long foi condenado à morte por dois dos dez assassinatos. Ele foi executado por injeção letal em 23 de maio de 2019.

McVey, sentou-se na primeira fila para assistir a sua execução. “Eu queria ser a primeira pessoa que ele visse”, disse ela.

Compartilhe este Post
Iasmin Maciel é escritora freelancer que encontra nos livros, filmes e series um abrigo para a mente. Ela pode passar o dia inteiro falando de sua série preferida "How I Met Your Mother".