Onde está a condenada Michelle Carter hoje?

Em 13 de julho de 2014, as autoridades descobriram o corpo de Conrad Roy III, de 18 anos, em sua caminhonete estacionada em frente a um Kmart em Fairhaven, Massachussetts.

Contrad, que lutava contra a ansiedade social e a depressão, havia se matado prendendo uma mangueira de um gerador portátil e enchendo a cabine de seu carro com monóxido de carbono.

Nas semanas que antecederam seu suicídio, Roy trocou várias mensagens de texto com sua namorada de 17 anos, Michelle Carter, que o encorajou a acabar com sua vida.

A condenação de Michelle Carter em 2017 gerou grande interesse tanto do público em geral quanto da comunidade jurídica.

Quando Conrad cometeu suicídio em julho de 2014, Michelle se tornou o foco de uma investigação depois que suas conversas de texto com ele surgiram.

Então, vamos descobrir mais sobre o que aconteceu neste caso e onde Michelle Carter pode estar agora?

Quem é Michelle Carter?

Michelle Carter conheceu Conrad em Naples, Flórida, em 2012. Conrad estava visitando parentes junto com suas irmãs. Esses parentes conheciam Michelle e foi assim que foram apresentados um ao outro. 

Embora esses dois morassem a apenas uma hora de distância um do outro. Em casa, em Massachusetts, eles conversavam principalmente por mensagens de texto, online e telefonemas.

Tanto Conrad quanto Michel  lidavam com a depressão. Michelle também lutava contra  um distúrbio alimentar. 

Conrad

Conrad também tentou suicídio uma vez em outubro de 2012, depois que seus pais se divorciaram. Enquanto Michelle tentava ajudá-lo a passar por isso e por muitos meses o dissuadiu de dar um passo tão decisivo novamente.

Morte de Conrad

Mas algo mudou nas duas semanas anteriores à morte de Conrad. Ele foi encontrado morto em sua caminhonete em 13 de julho de 2014, estacionado em frente a uma mercearia local. A causa da morte foi a inalação de monóxido de carbono.

Quando as autoridades revisaram as mensagens de texto de Conrad e Michelle, surgiu um padrão perturbador.

As mensagens de Michelle, especialmente no dia de sua morte, indicavam que ela o estava pressionando para cometer suicídio. Ela mandou uma mensagem para ele na tarde de 12 de julho:

“Quando você voltar da praia, você tem que … fazer isso…”

Michelle, então com 17 anos, também disse a outros amigos que estava ao telefone com Conrad em seus momentos finais. Quando essa informação se tornou conhecida, Michelle foi acusada de homicídio culposo.

A promotoria apontou dezenas de mensagens de texto que ela enviou a Conrad incentivando-o a tirar a própria vida.

A defesa pediu a um especialista que testemunhasse que o uso de antidepressivos por Michelle afetou a maneira como ela pensava sobre a melhor forma de ajudar Conrad.

Onde está Michelle Carter agora?

Em junho de 2017, um juiz considerou Michelle culpada de homicídio culposo. O juiz considerou que Michelle pedir a Conrad para voltar para o carro equivalia a um comportamento imprudente.

Ele também chamou a atenção para o fato de que Michelle sabia que Conrad estava com problemas, mas ela nunca pediu ajuda.

Em agosto daquele ano, Michelle foi condenada a dois anos e meio, que incluíam 15 meses de prisão e o restante em liberdade condicional. O juiz permitiu que ela permanecesse em liberdade enquanto apelava da sentença.

A condenação de Michelle foi mantida em 2019. Seu pedido de liberdade condicional em setembro de 2019 foi negado.

No entanto, em janeiro de 2020, ela foi libertada antecipadamente por bom comportamento após cumprir cerca de 12 meses de sua sentença.