buster

A história de Buster, o galo que sabia andar de patins

Em 1952, o fotógrafo do Times, Lee Winer, foi enviado para a rua South Alvarado, em Los Angeles, onde um acidente foi relatado. No local, não encontrou nada de extraordinário, apenas um homem que lhe pediu para fotografar, o que acontecia com bastante frequência. Wiener escreveu mais tarde que, brincando, disse ao homem:

“Vou tirar uma foto sua, senhor, se ao menos você tiver um cachorro que possa andar de patins.”

O homem não tinha cachorro, mas tinha um galo de patins. Wiener expressou o desejo de conhecer o galo.

Os homens concordaram em se encontrar em 17 de agosto de 1952, quando o fotógrafo tinha um dia de folga. No dia marcado, Perninha – esse era o nome do galo – apareceu em um macacão com a inscrição You Can’t Bust ‘Ern e em patins feitos sob encomenda.

Wiener tirou muitas fotos de Buster. Mais tarde, ele também teve uma sessão de fotos com ele na arena de gelo. O galo, aparentemente, sabia andar de patins comuns.

Buster era um dos vários galos de William Leroux, um ex-palhaço de circo.

Na edição de 22 de agosto de 1952 do The San Bernardino County Sun em St. Bernardino, Califórnia, foi relatado:

“O galo avança e mantém o equilíbrio com a ajuda de suas asas. Buster, de três anos, patina há seis meses. Lehr o prepara para sua estreia no palco. O ex-palhaço acredita que o galo terá uma grande carreira teatral.”

Autor(a) Handreza Hayran

Handreza Hayran é editora do Foco e Fama e autoproclamada especialista das curiosidades obscuras da cultura pop. Quando não está escrevendo sobre seus programas de TV favoritos, pode ser vista assistindo Patati Patatá com seu filho Derick.

ex técnico das ginastas dos eua morre

Ex-técnico de ginástica da equipe dos EUA, se suicidou após acusações de crimes sexuais

Borat 2 vence o melhor filme de comédia no Globo de Ouro