Gigante e misteriosa: Adele coloca à venda sua “mansão mal-assombrada” por US $ 8,9 milhões

A cantora britânica comprou a mansão em 2011, mas só pôde morar lá por um ano porque se assustou com os “ecos estranhos” dos quartos.

A cantora Adele passou por muitas mudanças nos últimos anos: ela decidiu se afastar dos holofotes por um tempo e se concentrar em seu objetivo pessoal de perder peso para levar um estilo de vida mais saudável.

Como parte de sua imagem renovada, a cantora britânica também mudou de casa e colocou sua “mansão mal-assombrada” em West Sussex à venda por US $ 8,9 milhões.

A casa é conhecida como “Lock House” e foi construída nos anos 1900.

A gigantesca propriedade tem 13 quartos e nove banheiros , com todas as comodidades incluídas. A artista ficou maravilhada ao ver o local em 2011 e comprou pensando que moraria ali por muitos anos.

No entanto, de acordo com a mídia britânica, ele não ficou mais de um ano na mansão e rapidamente a alugou para um amigo próximo, o apresentador de televisão Anderson Cooper. O motivo da mudança de decisão foram os “estranhos ecos e vozes” que se ouviam nos quartos e na piscina.

O jornal The Sun chegou a afirmar que a cantora vencedora de vários prêmios não tinha dúvidas de que sua casa era “mal-assombrada”, e o medo que sentiu a levou a contratar um guarda-costas para acompanhá-la nos momentos em que passou sozinha na gigantesca propriedade.

Embora a localização privilegiada de sua casa fosse um motivo para ficar, ele preferiu se mudar para outra casa de oito quartos em East Grinstead, a 30 minutos de West Sussex. Depois de alugá-lo por sete anos, ela decidiu colocá-lo à venda em 2018, pelo preço inicial de US $ 10 milhões.

Este ano ela decidiu baixar o preço para US $ 8,9 milhões, e a mansão em estilo country ainda aguarda seu comprador.

O local tem acesso privativo, ideal para celebridades que buscam exclusividade e fogem dos curiosos. Além disso, as cidades maiores de Horsham, Brighton e Crawley ficam a apenas alguns minutos de carro.