‘All of Us Are Dead’: o instituto Hyosan existe na vida real?

Handreza Hayran
3 Minutos de Leitura
escola Hyosan
Imagem: Reprodução/Netflix

Em ‘All of Us Are Dead’ um grupo de estudantes fica preso quando uma invasão de zumbis aparece na escola. A série é atualmente o título mais assistido na Netflix em todo o mundo. Mas onde foi filmada a série? A escola existe?

O Instituto Hyosan é fictício

O edifício do Instituto Hyosan foi construído especialmente para a série. O diretor Lee Jae Gyu revelou que a equipe de produção construiu a escola do zero.

A maioria das cenas, que acontecem na escola na cidade fictícia de Hyosan, foram filmadas em um local de quatro andares de 100 metros de comprimento em um estúdio de cinema de Seul.

O diretor Lee Jae-kyoo revelou isso em um vídeo de making-of da Netflix no YouTube. No entanto, a Hyosan High School tem um modelo real: a Sunghee Girl’s High School, uma escola particular para meninas em Andong, no leste do país. Este é também o local onde as cenas externas da invasão zumbi foram filmadas.

Onde foi filmada a série?

As filmagens de “All of Us Are Dead” começaram em 2020. Por causa da pandemia de coronavírus, no entanto, muitas cenas tiveram que ser filmadas da maneira clássica nos estúdios de cinema.

Esses estúdios estão localizados na capital da Coreia do Sul em dois locais principais: área de Chungmuro ​​no distrito de Jung-gu, também conhecido como Hollywood da Coreia do Sul, e Gangnam. O mesmo bairro que ganhou fama internacional em 2012 com o hino do K-Pop “Gangnam Style” do cantor PSY.

Além de figuras malucas de zumbis e críticas sociais à sociedade sul-coreana (a série trata de bullying e conflitos geracionais, entre outras coisas), há também uma boa porção de humor. E acima de tudo, há a paisagem espetacular da Coreia do Sul para se maravilhar no K-drama.

A maior parte da série foi filmada na capital sul-coreana Seul. Os criadores também escolheram alguns locais bastante incomuns para o apocalipse zumbi.

Seul, capital do país do Sudeste Asiático, tem quase dez milhões de habitantes. É o centro cultural e econômico do país. Lá você vê a modernidade por todo lugar: arranha-céus futuristas, metrô de última geração e cultura pop convivem com templos budistas, palácios históricos e tradicionais mercados de rua.

Compartilhe este Post
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.