‘Amor Artificial’: Dob e Keno foram apagados?

Handreza Hayran
2 Minutos de Leitura
amor artidicial

“Amor Artificial” é um filme de drama de ficção científica tailandês que lida com tecnologia e amor.

‘Amor Artificial’ se passa no futuro, quando as IAs podem sentir emoções. Eles não são mais meros assistentes, mas sim amigos dos humanos. Os edifícios evoluíram de estruturas de concreto para edifícios inteligentes que são gerenciados por IA.

Dob e Keno foram apagados?

A guerra entre humanos e IAs tomou um rumo difícil. Os AIs se unem para proteger Dob da destruição. Dob tentou escapar das mãos do “Hawk”, que era conhecido por destruir a IA desonesta. Mesmo que as IAs tentassem ao máximo ajudar Dob, não foi suficiente.

Dob foi capturado por Hawk, e a empresa SmartPlus começou a extrair dados dele. Enquanto isso, Keno informou Lana sobre a condição de Dob. 

Inicialmente, Lana hesitou em ajudar Dob, mas depois de interagir com seu amigo humano, que a encorajou a lutar por seu amor, ela foi em frente e o resgatou. 

Ela sozinha não era poderosa o suficiente para lutar contra os homens no SmartPlus, então Keno decidiu se integrar ao corpo de Lana. Ela baixou técnicas de luta dentro de Lana que a ajudaram a combater seus inimigos. 

Depois de algumas lutas, Lana conseguiu salvar Dob. Ela o libertou das algemas e conseguiu interromper o processo de extração de dados.

Quando Lana perguntou a Bob se era Dob dentro de seu corpo, ele respondeu que não tinha certeza de sua identidade. 

Na cena final, testemunhamos Lana e Bob juntos depois de um ano. Eles ainda estavam namorando. Eles discutiram como foi por causa de Dob e Keno que eles foram capazes de se unir como amantes. 

Não chegamos a saber se Dob e Keno deixaram seus respectivos corpos humanos, embora a conversa tenha indicado que eles não estavam completamente presentes

Como apenas 10% dos dados de Dob permaneceram dentro de Bob, portanto, foi apenas uma pequena parte dele que possivelmente sobreviveu. 

Compartilhe este Post
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.