Avatar 2: Quem são os pais de Kiri?

“Avatar: The Way of Water” não é apenas a sequência do filme de maior bilheteria de todos os tempos, mas também a continuação de uma saga planejada. E ela ainda quer guardar um grande segredo: quem é o pai de Kiri.

Quem são os pais de Kiri em ‘Avatar: O Caminho da Água’?

Kiri é filha adotiva de Jake e Neytiri, que a aceitam como uma de suas filhas por causa do bom relacionamento que Jake e a Dra. Grace desenvolveram. E é que Kiri é na verdade filha disso, mas não em sua forma humana, mas de seu Avatar que, segundo a sequência de James Cameron, ainda estava vivo apesar da morte do cientista.   

Não se sabe ao certo como Kiri foi concebida ou quem é seu pai, embora em algum momento do flme se brinque que poderia ser o cientista Norm Spellman.

Mas durante Avatar: O Caminho da Água é descoberto que a garotinha demonstra uma grande conexão espiritual com Eywa, o tipo de divindade que mantém toda Pandora unida e em equilíbrio.

Em um desses momentos de conexão e êxtase, ele vê sua mãe em uma visão e pergunta sobre seu pai. Infelizmente, ela não pode obter uma resposta.

Mesmo assim, há um detalhe que pode resolver sua dúvida existencial: Ao longo de toda o filme, Kiri afirma ouvir um batimento cardíaco que ninguém mais consegue ouvir.

No ritual em que o Na’vi tentou, sem sucesso, transferir a alma de Grace para seu avatar no filme original, a médica vivenciou um momento de união profunda com Eywa em que um batimento cardíaco semelhante foi ouvido. E ao contrário de outros humanos, Grace sempre sentiu grande respeito e admiração por Pandora e sua “deusa”.

Com isso em mente, surgiu a teoria de que Kiri poderia realmente ser filha de Eywa. Kiri seria então uma espécie de Messias, um Na’vi com poderes especiais e com uma missão maior que os demais.