‘Bem-vindos à vizinhança’ é baseada em uma história real?

Handreza Hayran
3 Minutos de Leitura
Bem-vindos à vizinhança

Existem algumas histórias assustadoras que amamos porque são fantásticas ou super sangrentas, mas outras ficam em nossas mentes porque aconteceram e são inexplicáveis.

É o que acontece com a série da Netflix ‘Bem-vindos à vizinhança’, que é baseada em uma história real.

Esta série de 7 episódios produzida por Ryan Murphy é sobre uma família que vem morar no que parece ser uma casa dos sonhos, mas logo começam a receber mensagens de um observador, que diz que está encarregado de cuidar da casa.

A verdadeira história por trás de ‘Bem-vindos à vizinhança’

O mundo soube dessa história pela primeira vez com uma matéria da revista New York de 2018, que conta a história da família Broaddus em Nova Jersey e sua tentativa de entender quem era o autoproclamado observador que estava continuamente deixando mensagens para eles sobre a casa que compraram e reformaram, e para onde esperavam se mudar em breve.

A polícia pediu à família que não contasse a ninguém sobre as cartas e havia vários suspeitos, incluindo um vizinho, mas não foi possível verificar se ele enviou as mensagens.

A família Broaddus decidiu não se mudar e vender a casa, mas foi impossível quando os detalhes das cartas se tornaram conhecidos.

E aí termina a história contada na reportagem, embora recomendemos que você a leia para todos os detalhes.

O que aconteceu com a família Broaddus?

Em 2019, eles finalmente conseguiram vender a casa, mas perderam mais de meio milhão de dólares na transação, em comparação com o que pagaram para comprá-la e reformá-la. Até agora, os novos proprietários não receberam nenhuma carta.

A família Broaddus não deu mais entrevistas e guarda sua privacidade com muito cuidado, após essa provação de assédio. No entanto, você pode seguir Derek Broaddus no Twitter, onde ele compartilha informações sobre segurança, casos arquivados e outros tópicos semelhantes ao que ele experimentou.

Sobre o caso, até agora nem a polícia nem o detetive particular contratado pela família, muito menos os detetives amadores da Internet, conseguiram descobrir quem é O Vigia.

Compartilhe este Post
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.