Diferenças de ‘The Walking Dead’ entre os quadrinhos e a série

Handreza Hayran
3 Minutos de Leitura
negan
Negan

Para adaptar a história em quadrinhos de Robert Kirkman para a telinha, foram feitas mais modificações do que você pode imaginar.

1. Carol é bissexual

Nos quadrinhos ela tem vários problemas mentais, tenta se relacionar com Rick e Lori ao mesmo tempo e tem tendências suicidas, pois além de cortar as veias, ela se deixa ser mordida por um zumbi. Na série, além de estar viva, ela só muda de personalidade, fica mais fria e agressiva. 

Sophia nunca está perdida

A segunda temporada tem como foco principal a busca por Sophia, filha de Carol, porém, nos quadrinhos ela nunca se perde ou é mordida por nenhum zumbi e é uma das personagens que mais sobrevive.

Rick e Michonne

Esse romance não existe nos quadrinhos. Rick, com quem mantém um relacionamento amoroso, é Andrea, que também tem um caso temporário com Dale, apesar da diferença de idade; no entanto, na série, esse personagem era relacionado ao governador e morreu no final da terceira temporada. 

Rick não matou Shane

Na série, Rick mata Shane e Carl o mata com uma bala quando ele se torna um zumbi. Mas na história original, Carl é quem o mata e Rick atira nele quando ele se transforma em um morto-vivo muito tempo depois. 

Judith está morta

A filha mais nova de Rick na série ainda está viva, mas na história em quadrinhos de Robert Kirkman, ela morre quando era apenas um bebê pelo governador, que atirou nela e em sua mãe Lori. 

Família Greene

A família de Hershel é diferente nos quadrinhos, não há nem Jim nem Beth, que tiveram muito destaque durante a quinta temporada. 

Na verdade, nosso fazendeiro favorito tem muito mais filhos chamados Lacey, Arnold, Billy e, claro, Maggie, além de dois filhos adotivos, Rachel e Billy, ambos mortos no ataque ao celeiro que vimos na segunda temporada.  

Rei Ezequiel

Na série, o Rei Ezequiel conta a história de seu passado como zelador de zoológico, onde encontra seu animal de estimação indefeso (um tigre) Shiva. Mas nos quadrinhos nunca se sabe a origem desse personagem, o que nos leva a pensar que talvez pudesse ser uma espécie de monarca (ou não). 

Veja mais

Compartilhe este Post
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.