Final de ‘1899’ explicado: quem é o criador da simulação?

Iasmin Maciel
2 Minutos de Leitura
1899

A nova série de mistério da Netflix ‘1899’ tem conquistado o público com uma história alucinante.

Dos mesmos criadores de ‘Dark’, a série brinca com a noção de realismo e tem deixado muitas perguntas sem respostas.

Mas afinal, quem é o criador da simulação?

Final de ‘1899’ explica o criador da simulação

Na vida real, Maura e Daniel são casados e Elliot é o filho deles. O corpo de Elliot, em algum momento começa a falhar por conta de uma doença misteriosa, fazendo com que sua mãe crie uma maneira de salvar a sua consciência em um computador.

Não aceitando a partida precoce do filho, Maura constrói a primeira simulação na tentativa de mantê-lo vivo para sempre.

Sendo assim, Maura que é uma gênia da neurociência e Daniel um programador mestre, juntos criam a simulação.

A arquitetura do programa foi projetada para permitir que várias pessoas se conectem simultaneamente a uma máquina, para que assim pudessem passar algum tempo com pessoas queridas que já morreram.

Apesar da série não deixar explícito, aparentemente Elliot morreu em algum momento, o que fez com que Maura apagasse suas memórias e permanecesse para sempre ligada à simulação, onde não conseguiria se lembrar.

Compartilhe este Post
Iasmin Maciel é escritora freelancer que encontra nos livros, filmes e series um abrigo para a mente. Ela pode passar o dia inteiro falando de sua série preferida "How I Met Your Mother".