‘O Pai Que Move Montanhas’ é baseado em uma história real?

Handreza Hayran
2 Minutos de Leitura
o pai que move montanhas

O filme romeno da Netflix, ‘O Pai Que Move Montanhas’ é dirigido por Daniel Sandu. Sua premissa básica segue um oficial de inteligência que tenta encontrar seu filho perdido nas montanhas.

O filme dura pouco menos de 2 horas e está disponível na Netflix com áudio em romeno e inglês, além de legendas para ambos. É um retrato comovente do amor de um pai por seu filho.

O drama de sobrevivência é uma obra de ficção ou realmente baseado em uma história real?

Adrian Titieni estrela o filme como Mircea Jianu, um oficial aposentado do serviço de inteligência cuja vida agora pacífica é revirada quando descobre que seu filho em idade universitária, Cosmin, desapareceu nas montanhas romenas.

Com base em seu passado, Mircea se propõe a trazê-lo para um lugar seguro, enquanto enfrenta os elementos e luta com sua culpa por deixar Cosmin e sua ex-esposa para trás.

Se você está se perguntando se ‘O Pai que Move Montanhas’ foi ou não baseado em uma história real, aqui está tudo o que você precisa saber.

O Pai Que Move Montanhas é baseado em uma história real?

De acordo com The Cinemaholic, Sandu teria se inspirado na história real de um pai que também perdeu seu filho nas montanhas romenas em 2009 e usou suas conexões pessoais para sair em busca dele.

A cobertura de notícias locais diminuiu com o passar do tempo, mas Sandu claramente manteve a história e até baseou seu novo filme nela.

O Pai Que Move Montanhas é baseado em um livro?

Não. ‘O Pai Que Move Montanhas’ foi vagamente inspirado em notícias da vida real.

‘O Pai que Move Montanhas’ está disponível para transmissão na Netflix. Como é um filme original da Netflix, infelizmente você não pode alugar o filme em nenhum outro lugar.

Compartilhe este Post
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.