Viridiana | Filme

Handreza Hayran
5 Minutos de Leitura
viridiana

Viridiana é um filme do grande mestre do cinema Luis Buñuel, que continuou fazendo seus filmes por quase cinquenta anos, o que teve uma forte influência nos diretores modernos.

‘Viridiana’ é o primeiro longa-metragem de Buñuel que ele fez na Espanha. O roteiro foi baseado no livro de Benito Pérez Galdos de 1895.

O filme estreou no Festival de Cinema de Cannes em 1961, onde dividiu o prêmio máximo da Palma de Ouro com um filme francês. E depois dessa vitória, ele foi banida por dezesseis anos na Espanha.

Fatos rápidos

  • Data de lançamento: 1961
  • Tempo de duração: 1h 30min
  • Gênero: Drama
  • Dirigido por: Luis Buñuel
  • Roteiro de: Luis Buñuel
  • Título original: Viridiana
  • Streaming para assistir: Nenhum

Fatos curiosos

Bunuel neste filme tentou quebrar os cânones estabelecidos no cinema.

A maior mensagem do diretor para o espectador é o episódio chave – uma orgia de mendigos que entraram na casa do mestre e organizaram um banquete para si mesmos!

E em um certo momento, – essas figuras congelam na mesa nas poses dos apóstolos da “Última Ceia” de Leonardo da Vinci.

COnheça mais algumas curiosidades sobre o filme.

1. O filme foi banido por dezesseis anos na Espanha

Inicialmente banido na Espanha e completamente condenado pelo Vaticano.

O motivo da proibição foi o regime ditatorial que existia na época na Espanha. Mas o papel maior de tudo isso foi desempenhado pelo Vaticano, que viu no conteúdo do filme uma zombaria da religiosidade!

2. O filme ganhou a Palma de Ouro

O roteiro foi inicialmente aprovado pelas autoridades espanholas com algumas pequenas alterações. 

Eles não tiveram a chance de ver o filme finalizado até que ele foi exibido no Festival de Cinema de Cannes, onde ganhou a Palma de Ouro. No entanto, eles ficaram horrorizados o suficiente com o que viram para proibir o filme.

3. Foi reconhecido como o melhor filme espanhol em 1996

Reconhecido como o melhor filme espanhol por profissionais e críticos em 1996 pelo centenário do cinema espanhol.

Além disso, o filme em língua não inglesa ficou em 48º lugar na pesquisa dos críticos da BBC de 2018.

4. No filme usaram roupas de mendigos reais

Conchita Buñuel disse que os figurinos do filme eram autênticos. “Procuramos por eles nos arredores de Madrid, especialmente debaixo das pontes, dando aos pobres roupas novas em troca de trapos, que depois eram desinfetadas, mas não lavadas”.

5. O filme está na lista de filmes de ‘Grandes Filmes de Roger Ebert

O filme está incluído na lista de “Grandes Filmes” de Roger Ebert. Incluído em 1001 filmes que você deve ver antes de morrer, editado por Stephen Schneider.

6. Silvia Pinal é a única atriz não espanhola no filme

Além de Victoria Zinni, que interpreta Lucia, Silvia Pinal é a única atriz não espanhola no filme.

Enredo

A jovem noviça Viridiana, pouco antes de fazer os votos, é convidada para visitar seu tio e patrono, o idoso Don Jaime.

Don Jaime fica impressionado com a semelhança de Viridiana com sua falecida esposa e quer se casar com ela. Quando Viridiana se recusa, ele a droga para estuprá-la.

Embora ele decida não realizar seu plano, seus sentimentos de culpa o levam a cometer suicídio.

Viridiana, que herda a casa e a propriedade com o filho de Don Jaime, quer usar sua nova propriedade para ajudar os pobres.

Elenco

  • Silvia Pinal: Viridiana
  • Fernando Rey: Don Jaime
  • Francisco Rabal: Jorge
  • Margarita Lozano: Ramona
  • Lola Gaos: Enedina

Equipe Técnica

Montador: Luis Buñuel

Empresas

  • Produção: Films 59
  • Produção: Gustavo Alatriste
  • Produção: Unión Industrial Cinematográfica (UNINCI)
  • Distribuição: Ursulines Distribution

Vídeos e Fotos

CItações

Compartilhe este Post
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.