‘A Última Carta de Amor’ – diferenças entre o livro e o filme

‘A Última Carta de Amor’ é o filme ideal para os românticos de plantão. O longa tem como trama uma jornalista que encontra cartas sobre uma paixão proibida na década de 60, e conta com um elenco com nomes como o de Felicity Jones, Shailene Woodley e Callun Tuner. 

O filme foi baseado no livro de Jojo Moyes, já conhecida pelo romance ‘Como Eu Era Antes de Você’.

Como toda adaptação, existem algumas diferenças entre o livro e o filme, necessárias, já que cada obra tem seu próprio formato.

Veja abaixo quais são as principais diferenças entre o livro e a adaptação do filme ‘A Última Carta de Amor’.  

1. A motivação de Ellie 

No filme, ao encontrar a primeira carta, Ellie (Felicity Jones) se sente atraída para descobrir o que aconteceu com o casal e tentar devolver as cartas para o verdadeiro dono.

Já no livro, a jornalista está em uma relação extraconjugal e vive com o dilema se deve exigir que seu amante John deixe a esposa para ficar com ela. Por se identificar com o casal, Ellie vai atrás da história para saber se ela deve seguir com o relacionamento com John.  

A relação de Ellie com John também é outra diferença. No filme, a personagem saiu de um relacionamento de longa data que acabou de forma conturbada, fazendo com que ela evite se comprometer com outras pessoas.  

2. O reencontro entre Jennifer e Anthony 

Depois de 4 anos acreditando que seu amado estava morto, Jennifer (Shailene Woodley) reencontra Anthony (Callun Tuner), contudo esse momento sofreu algumas modificações.

Na versão da Netflix, Jennifer e Anthony se reencontram ocasionalmente na rua. Nesse encontro, Anthony fica sabendo sobre o acidente e pede novamente para ela fugir com ele. Após revelar que tem uma filha e que não pode fugir, Jennifer volta atrás de sua decisão e vai procurar por Anthony, mas ele já foi embora. Jennifer chega a ir à redação onde ele trabalhava, mas não o encontra.  

No livro, o reencontro é em uma festa, onde os dois descobrem a verdade.

O casal chega em outro momento a compartilhar os sentimentos, mas ao pedir que Jennifer fique com ele, Anthony recebe um não como resposta e descobre que Jennifer continua ligada ao casamento, principalmente agora por ter uma filha.  

Quando Jennifer descobre que seu marido mentiu sobre a morte de Anthony, ela decide se separar e saí a procura de seu amado, mas já é tarde. Diferente do filme, Jennifer continua procurando Anthony e chega a viajar para o Congo na tentativa de o encontrar.  

3. Amizade entre Ellie e Jennifer 

Jennifer mostra ser bem resistente quando o assunto são as cartas de Anthony, pelo memos é assim que a personagem é retratada no filme.

Ellie tenta algumas vezes entrar em contato com Jennifer para devolver as cartas, mas a senhora recusa todas às vezes. Mas no livro de Moyes, às duas mulheres viram grandes amigas, tanto que Jennifer aceita falar com Ellie logo no primeiro encontro.

O laço entre essas duas mulheres de espocas distintas são um dos grandes arcos do livro.  

4. O paradeiro do Sr. O’Hare 

No filme, Ellie descobre sobre Anthony O’Hare depois de Jennifer falar seu nome no interfone. Depois dessa informação, encontrar o Sr. O’Hare se torna uma missão bem simples. Mas no livro, encontra o Sr. O’Hare foi um verdadeiro desafio.

Depois de muita procura, Jennifer descobre que o filho do jornalista trabalha para o Times e só depois é que o verdadeiro paradeiro de O’Hare é revelado.  

O grande plot twist da história fica por parte de que Anthony O’Hare trabalha no mesmo jornal que Ellie, no departamento bibliográfico.   

‘A Última Carta de Amor’ – diferenças entre o livro e o filme via @focoefama
nv-author-image

Iasmin Maciel

Iasmin Maciel é escritora freelancer que encontra nos livros, filmes e series um abrigo para a mente. Ela pode passar o dia inteiro falando de sua série preferida "How I Met Your Mother".