Screenshot-3-4

A atriz de Army of the Dead nunca conheceu o elenco; foi efeito especial

Zack Snyder é um cineasta igualmente apreciado e odiado. Em sua história há filmes aplaudidos como o remake de Dawn of the Dead e batalhas batidas como Batman x Superman, e apesar dessa disparidade de resultados é indiscutível que o diretor sempre aposta em destacar a qualidade visual de sua obra.

Essa qualidade é perceptível não só na fotografia que seus trabalhos exibem, mas também na incorporação de efeitos visuais que vão do óbvio ao discreto e para uma amostra é seu mais recente trabalho Army of The Dead.

O filme lançado na Netflix representa o retorno de Snyder ao cinema zumbi, um gênero que ele não visitava desde Dawn of the Dead, sua estreia na cadeira do diretor de longas-metragens, mas, ao contrário do filme de 2004, Army of the Dead tem uma abundância de efeitos digitais e um deles é a incorporação de uma atriz que nunca conheceu o elenco.

A comediante Tig Notaro dá vida ao piloto Peters, um papel de peso na trama do filme e que não foi originalmente interpretado por ela.

Chris D’Elia é quem originalmente interpretou o papel do piloto, filmando suas cenas com o elenco, mas em março de 2020 o ator foi acusado de assédio sexual, razão pela qual Snyder decidiu retirá-lo da versão final do filme e substituí-lo por Notaro.

A dificuldade é que as denúncias foram divulgadas em março de 2020, no momento em que a pandemia atingiu severamente diferentes regiões do mundo, impedindo a produção e o elenco de se reunirem para filmar as cenas com Notaro.

De acordo com uma reportagem do Vulture, Notaro teve que filmar todas as suas cenas em uma tela verde sem outros atores no quadro em setembro de 2020, pois a solução de Snyder foi incorporá-lo em sequências de pós-produção que D’Elia já havia gravado.

Este foi um desafio para Snyder e para o departamento de efeitos visuais, pois Notaro teve que recriar com precisão cada cena filmada por D’Elia e para que a produção se ajustasse aos espaços e ângulos de câmera já gravados.

Felizmente para a produção, o personagem de Notaro é separado do elenco em grande parte do filme, mas há sequências em que ele divide um quadro com outras pessoas, especialmente naquelas em que os personagens vão ao cassino onde o papel faz parte da trama, e nelas foi necessário usar um modelo de Notaro criado em CGI para que ele pudesse interagir com seus colegas de elenco.

Army of the Dead estreou em 21 de maio na Netflix.

Screenshot-3-4

Autor(a): Handreza Hayran

Handreza Hayran é editora do Foco e Fama e autoproclamada especialista das curiosidades obscuras da cultura pop.

dexter

Dexter tem um novo nome falso na 9ª temporada

Chase Stokes

7 curiosidades sobre Chase Stokes, o Jonh B de “Outer Banks”