Melhores filmes baseados em histórias de Agatha Christie

Handreza Hayran
10 Minutos de Leitura

A escritora inglesa Agatha Christie é uma reconhecida mestra do gênero policial, cujas obras serviram de base para mais de 100 filmes e séries de TV.

Compilamos uma seleção das melhores adaptações cinematográficas de romances e contos da autora com alta classificação no portal IMDb, que definitivamente valem a pena dar uma olhada para os fãs de histórias sobre crimes misteriosos.

Melhores adaptações cinematográficas de Agatha Christie

Agatha Christie é uma das escritoras de detetives mais famosas do mundo. Desde o início de sua carreira criativa em 1924 até sua morte em 1976, ela publicou mais de 125 obras, incluindo mais de 60 romances policiais.

#publi

De acordo com a editora oficial da obra de Christie, seus livros já venderam mais de um bilhão de cópias, perdendo apenas para William Shakespeare.

A primeira adaptação de Agatha Christie saiu em 1928, quando Julius Hagen dirigiu The Passing of Mr. Quinn. Desde então, os romances e histórias da autora inspiraram mais de 100 filmes e séries de TV entre cineastas de todo o mundo.

1. Agatha Christie’s Poirot

Poirot

Ano: 1989–2013

#publi

Classificação IMDb: 8,6

“Poirot” com David Suchet no papel-título é um dos melhores detetives baseados em Agatha Christie. 

A série de TV britânica baseada nos romances e contos sobre o detetive Hercule Poirot começou a ser exibida em 1989 e terminou em 2013 após 13 temporadas. 

#publi

Hercule Poirot é um ex-policial belga que se estabeleceu em Londres após a guerra e logo ficou conhecido como um excelente detetive particular. 

Em cada episódio, o detetive resolve um crime – principalmente investigando assassinatos. 

Via de regra, o detetive envolve o próprio cliente, que recorreu a ele, e seu fiel amigo, o capitão Hastings (Hugh Fraser), para desvendar o caso.

#publi

Em 70 episódios, todas as principais obras sobre Poirot foram adaptadas – com exceção da peça Black Coffee, escrita em 1930. 

O episódio final foi indicado em 2015 para um Emmy Award. A atuação de David Suchet no projeto foi elogiada pelo neto de Christie, Matthew Pritchard, que disse que o ator era “visualmente o mais convincente” detetive.

2. Testemunha da acusação

Testemunha da acusação

Ano: 1957

#publi

Classificação IMDb: 8,4

Testemunha da acusação é um filme de 1957 dirigido por Billy Wilder e baseado na peça de mesmo nome de Agatha Christie. 

O protagonista é um advogado gravemente doente, Sir Wilfrid Robarts, que começa a trabalhar em um dos casos mais incomuns e confusos de sua carreira. 

#publi

Ele defende o suspeito do assassinato de uma senhora idosa e rica, uma mulher deixou-lhe uma grande quantia de dinheiro pouco antes de sua morte. 

Robarts está confiante de que seu cliente vencerá no tribunal, mas durante a reunião, a esposa de Leonard, Kristin, decide se manifestar contra o marido, dizendo que o ajudou a encobrir as evidências do assassinato da idosa.

O filme é estrelado por Charles Lawton, Marlene Dietrich e Tyrone Power, para quem este foi seu último papel no cinema. 

#publi

O filme foi indicado a seis Oscars, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor. 

Em 2016, a BBC One filmou um remake do filme, uma minissérie de duas partes estrelada por Kim Cattrall.

3. Agatha Christie’s Miss Marple

Ano: 2004–2013

Classificação IMDb: 7,8

A personagem principal desta série é Miss Jane Marple, outra personagem famosa dos romances de Agatha Christie, uma curiosa idosa que vive na pacata aldeia de St. Mary Mead. 

Uma mulher aprende regularmente sobre misteriosos assassinatos e se voluntaria para ajudar a resolvê-los. E embora a polícia local esteja relutante em aceitar a ajuda de Miss Marple, ela é famosa na cidade como uma detetive excelente e muito observadora, a quem os habitantes de St. Mary Mead e numerosos amigos e parentes logo começam a recorrer. 

No total, a série consiste em 12 episódios, cada um dos quais é uma adaptação de um romance separado de Christie.

Nas três primeiras temporadas do projeto, a personagem principal foi interpretada por Geraldine McEwan, e mais tarde ela foi substituída por Julia McKenzie. 

A série foi indicada ao Emmy Award em 2005

4. E Não Sobrou Nenhum

Ano: 1974

Classificação IMDb: 7,8

‘E Não Sobrou Nenhum’ é uma adaptação soviética de 1974 do romance de Agatha Christie de mesmo nome, dirigido por Stanislav Govorukhin. 

Na história, oito estranhos recebem convites para visitar uma pequena ilha isolada perto da Inglaterra sob vários pretextos. Eles são recebidos na ilha por Thomas e Ethel Rogers, o mordomo e governanta, que afirmam que seus donos, Sr. e Sra. Owen, ainda não chegaram, mas deixaram todas as instruções de que precisam. 

Os convidados decidem ficar para o jantar, durante o qual ouvem sentenças gravadas em disco – em que cada um é acusado de matar uma ou mais pessoas. 

Então os próprios estranhos começam a morrer um por um. 

Ao contrário de muitas adaptações ocidentais do trabalho da escritora, este filme é o único em que os personagens e detalhes de seu passado são totalmente consistentes com o texto original. 

Além disso, Stanislav Govorukhin se tornou o único diretor que decidiu não mudar o estilo pessimista do final do romance e do título.

5. Assassinato no Expresso do Oriente

“Assassinato no Expresso do Oriente”

Ano: 1974

Classificação IMDb: 7,3

O filme do diretor americano Sidney Lumet foi baseado no romance de mesmo nome sobre o detetive Hercule Poirot. 

Tendo completado mais um caso em Istambul, ele quer retornar a Londres o mais rápido possível, tendo recebido um telegrama sobre um novo assassinato que precisa ser investigado. 

Todos os assentos do próximo trem, o luxuoso Expresso do Oriente, estão ocupados, mas depois de pedir um favor a seu amigo Monsieur Bouc, diretor da ferrovia da International Sleeping Car Company, ele consegue um assento a bordo. 

Mas Poirot não pode descansar em sua jornada: um dos passageiros da primeira classe, um homem rico americano idoso, é encontrado morto. E Poirot, interpretado por Albert Finney, inicia uma nova investigação. 

Ele tem tempo mais do que suficiente para encontrar o assassino – o trem é forçado a parar porque os trilhos estão cobertos de neve pesada.

A adaptação cinematográfica foi lançada em 1974. Agatha Christie, de 84 anos, compareceu à estreia do filme no Reino Unido em novembro do mesmo ano e, após assisti-lo, disse estar completamente satisfeita com o filme e com a atuação de Albert Finney. 

Este foi o último evento público a que a escritora assistiu – ela morreu 14 meses depois, em janeiro de 1976.

O filme também é estrelado por Ingrid Bergman, Sean Connery, Lauren Bacall e Vanessa Redgrave.

6. Ordeal By Innocence

Ordeal By Innocence

Ano: 2018

Classificação IMDb: 7,3

Ordeal By Innocence é uma minissérie de três partes da BBC One baseada na história de detetive de Agatha Christie de mesmo nome. A ação se passa na véspera de Natal de 1954. 

Rachel Argyle, uma rica filantropa e mãe de cinco filhos adotivos, é assassinada na propriedade de sua família. O principal suspeito é seu filho Jack, cujas impressões digitais são encontradas na suposta arma do crime. 

O homem insiste em sua inocência e está pronto para provar no tribunal que não esteve envolvido na morte de sua mãe adotiva. No entanto, ele é morto em sua cela antes mesmo do processo começar, e a polícia decide simplesmente encerrar o caso.

Um ano e meio após o assassinato de Rachel, um homem chamado Arthur Calgary aparece na casa. Ele afirma que Jack não poderia ter matado sua mãe naquela noite: de acordo com uma testemunha, ele lhe deu uma carona quando o assassinato ocorreu. 

O que significa que Jack tinha um álibi e o verdadeiro assassino ainda está foragido. 

Calgary não testemunhou a favor do filho da mulher, pois ele trabalhava no Ártico há um ano e meio depois daquela noite e nem sabia que Rachel havia sido morta.

A série estrelou Morven Christie, Bill Nighy, Anna Chancellor, Matthew Goode e outros.

Escrito por Handreza Hayran
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.