‘Não Olhe Para Cima’: a colisão de um cometa com a Terra pode acontecer?

Iasmin Maciel
2 Minutos de Leitura
Não Olhe Para Cima'

O novo filme da Netflix ’Não Olhe Para Cima’, estrelado por Leonardo DiCaprio e Jennifer Lawrence, traz uma comédia catastrófica sobre o fim do mundo pela colisão de um cometa. O sucesso do filme fez com que muitos questionassem se um acontecimento como o do filme pode ocorrer na vida real.

Para o alívio de muitos, uma colisão de um cometa com a possibilidade de extinção em massa está fora de cogitação por pelos menos centenas de milhões de anos.

A declaração é da Dra. Amy Mainzer, cientista sênior da NASA e consultora do filme, que em entrevista ao site Den of Geek falou sobre como é baixa a probabilidade de um cenário onde a Terra é destruída por um cometa nos dias atuais.  

Mas alguns detalhes sobre o filme são bem realistas

A Dra. Mainzer explicou que não é anormal a passagem de algum corpo celeste próximo à Terra. Eles são monitorados, sendo conhecido sua órbita e sua localidade.  

Outra característica do cometa do filme é sua velocidade em se locomover. A explicação da Dra. Mainzer é que cometa de longo período, como o do filme, vem da parte externa do sistema solar e pode se locomover em grande velocidade.

Mas não há necessidade de pânico, já que para a cientista, o espaço é tão grande que torna quase nulo um impacto como essa na vida real.  

Escrito por Iasmin Maciel
Iasmin Maciel é escritora freelancer que encontra nos livros, filmes e series um abrigo para a mente. Ela pode passar o dia inteiro falando de sua série preferida "How I Met Your Mother".