Não olhe para cima: por que o coronel cobra pela comida?

Iasmin Maciel
2 Minutos de Leitura

Durante o filme ‘Não Olhe Para Cima’, uma cena entre Kate Dibiasy e um coronel do Pentágono vem sendo tópico de discussão entre o público. Nela, o coronel cobra por um lanche que é grátis, gerando o questionamento sobre o motivo que levou com que ele fizesse isso.  

Na cena, Kate e Dr. Randall estão aguardando uma reunião com a Presidente, eles estão na missão de advertir a autoridade sobre um cometa que está seguindo em direção à Terra. Enquanto aguardam, o coronel oferece água e alimentos, alegando que cada custa 10 dólares.  

Só que ao precisar comprar mais suprimentos, Kate descobre que a Casa Branca não cobra pelos lanches e a água. Isso faz com que a personagem questione diversas vezes o motivo do coronel de alto escalão ter enganado eles por um valor pífio.  

#publi

Pessoas poderosas fazem o que querem por puro prazer 

Em uma cena, Kate questiona que o coronel não precisa de dinheiro, para ela isso é um jogo de poder, já que ele sabia que em algum momento ela descobriria que a comida é grátis.

A atitude do coronel pode ser vista por esse ponto, seguindo a premissa do filme, onde pessoas poderosas fazem o que querem só por puro prazer.  

O coronel é um paralelo com os poderosos, que por pura ganância fazem o que querem sem olhar as consequências, assim como no filme, onde a raça humana é destruída para que os ricos fiquem ainda mais ricos.

#publi

Escrito por Iasmin Maciel
Iasmin Maciel é escritora freelancer que encontra nos livros, filmes e series um abrigo para a mente. Ela pode passar o dia inteiro falando de sua série preferida "How I Met Your Mother".