Qual a causa da morte de Joey Jordison, baterista do Slipknot?

Handreza Hayran 23/03/2022
Atualizado 23/03/2022 20:52
2 Minutos de Leitura
Joey Jordison

Membro fundador do Slipknot, baterista e co-escritor de hits, Joey Jordison, morreu aos 46 anos no dia 26 de julho de 2021.

De acordo com a publicação da Rolling Stone, ele morreu em silêncio e em paz, enquanto dormia. Pelo menos é o que a família Jordison afirma.

O músico sofria de uma doença neurológica – mielite transversa.

“A morte de Joey deixou um vazio em nossos corações e um sentimento de tristeza indescritível para todos que conheceram Joey, notaram sua mente, sua natureza gentil, coração enorme e seu amor por tudo relacionado à família e à música”, disse a família de Jordison em comunicado na semana da morte do baterista.

Em 2020, Joey Jordison foi nomeado o melhor baterista do mundo

Em 2020, Joey Jordison foi nomeado o melhor baterista do mundo dos últimos 25 anos pela revista Rhythm.

A revista Classic Rock também o listou como um dos melhores bateristas de rock, colocando-o no número 13 de 50.

Além do Slipknot, ele tocou no Vimic, Scar the Martyr e no supergrupo de metal extremo Sinsaenum, bem como Modifidious e Have Nots. Ele também foi o guitarrista da banda de terror punk inspirada no glam rock, The Murderdolls.

Saída do Slipknot

Jordison permaneceu no Slipknot até 2013, saindo por “razões pessoais” que ele se recusou a revelar. Como se viu mais tarde, isso foi devido a problemas de saúde. 

Em 2016, o resto da banda o demitiu enviando um e-mail para ele. Eles disseram que ele era viciado em drogas e simplesmente desistiram dele. Mas tudo acabou ficando ainda pior.

Joey foi diagnosticado com uma doença neurológica:

“Eu tenho uma doença realmente terrível chamada mielite transversa. Perdi minhas pernas”, admitiu no Metal Hammer Golden Gods Awards em 2016.

Aparentemente, a mielite transversa foi a causa da morte – direta ou indiretamente.

Compartilhe este Post