Ritchie Valens: como um acidente de avião interrompeu a carreira do cantor de ‘La Bamba’

por: Handreza Hayran

O compositor de La Bamba, Ritchie Valens, morreu em um acidente de avião em Iowa quando tinha apenas 17 anos.

Segundo a mídia local, o avião em que ele viajava – na companhia dos músicos Buddy Holly e The Big Bopper – caiu em um milharal, em uma cidade chamada Clear Lake, e nenhum dos passageiros sobreviveu ao impacto.

Segundo alguns meios de comunicação, a culpa do acidente teria sido do piloto, que já tinha muitas horas de voo, embora também tenha sido considerada a hipótese de que o avião tivesse falhado devido às condições meteorológicas.

A morte de Valens entristeceu toda a Los Angeles. Muitos falaram de seu talento, outros falaram da crueldade da tragédia. Mas todos concordaram que sua carreira terminou rápido demais.

A Calçada da Fama de Hollywood, o premiou com uma estrela em 1990. Por outro lado, em 1987, foi lançado um filme sobre a vida do jovem, chamado: La Bamba, que teve um sucesso que ultrapassou fronteiras.

Seu fim foi tão prematuro quanto inesperado e perigoso. No meio da turnê do Winter Dance Party, o ônibus em que os músicos viajavam quebrou e eles decidiram viajar de avião, mas havia apenas três lugares.

Para definir quem iria viajar de avião, (Buddy Holly e “The Big Bopper” já tinham seu lugar reservado), Ritchie jogou a moeda com seu colega Tommy Allsup e ganhou… ou perdeu.

Ritchie Valens teve uma carreira que durou 8 meses

Em 1957, participou do The Silhouettes, grupo de Blues e Rock and Roll.

Em 1958, assinou contrato com a Del-Fi Records e lançou seu primeiro álbum: C’Mon Let’s Go, com o qual obteve grande sucesso.

Em janeiro de 1959, após a gravação de seu primeiro LP, juntou-se à turnê Winter Dance Party. Buddy Holly e dois dos músicos de seu grupo ( Waylong Jennings e Tommy Allsup ) fretaram um avião para viajar mais rápido. Logo após a decolagem, o avião caiu em 3 de fevereiro de 1959 em Clear Lake, matando todos os seus ocupantes. Valens tinha 17 anos.

Olhando para trás, podemos considerar Buddy Holly a lenda do rock’n’roll mais original dos anos 1950.

Confira Também