Taylor Hawkins tinha 10 tipos de substâncias em seu corpo, revela exame médico

por: Handreza Hayran

As autoridades colombianas iniciaram uma investigação para apurar as causas da morte de Taylor Hawkins, baterista do grupo de rock americano Foo Fighters , que foi encontrado morto em um quarto de hotel na capital do país sul-americano.

A banda anunciou a morte do músico em sua conta no Twitter, mas não revelou as causas.

O Foo Fighters havia chegado à capital colombiana para participar do Festival Estéreo Picnic nos arredores de Bogotá.

A apresentação do grupo, marcada para sexta-feira à noite, foi cancelada, assim como uma turnê agendada por vários países da América Latina.

Sabe-se que o baterista teria relatado dores no peito, os funcionários do hotel onde a banda estava hospedada chamaram imediatamente os serviços médicos de emergência, mas quando chegaram, Taylor Hawkins, de 50 anos, já havia morrido.

Causa da morte

A Procuradoria-Geral da Colômbia publicou neste sábado o resultado do estudo médico forense que foi realizado no corpo de Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters que morreu ontem em um hotel em Bogotá antes da apresentação da banda no Estéreo Picnic Festival.

Por meio de comunicado, a instituição informou que o Instituto Nacional de Medicina Forense encontrou “10 tipos de substâncias” no corpo do músico americano, entre elas “antidepressivos tricíclicos, benzodiazepínicos e opióides“.

“No exame toxicológico de urina realizado no corpo de Taylor Hawkins, foram encontrados preliminarmente 10 tipos de substâncias, incluindo THC (maconha), antidepressivos tricíclicos, benzodiazepínicos e opióides “, diz o comunicado.

“O Instituto Nacional de Medicina Forense continua os estudos médicos para obter o esclarecimento total dos fatos que levaram à morte de Taylor Hawkins”, acrescentou.

Por fim, a Procuradoria indicou que “vai prosseguir com a investigação e relatar os resultados obtidos no âmbito da mesma forma oportuna”.

Confira Também