A estrela de ‘Velozes e Furiosos 9’ pede desculpas aos fãs chineses por se referir a Taiwan como um país

O ex-lutador profissional que se tornou ator John Cena, que aparece no filme ‘Velozes e Furiosos 9’, se desculpou em mandarim ao público chinês por se referir a Taiwan como um país no início deste mês.

Em entrevista a uma mídia taiwanesa durante a turnê promocional da última edição da franquia, Cena, também falando em mandarim, afirmou:

“Taiwan é o primeiro país que pode ver ‘Velozes e Furiosos 9′”, o que causou uma tempestade de críticas em um dos maiores mercados internacionais de Hollywood.

Sem surpresa, seu comentário causou indignação imediata na China, que considera Taiwan parte de seu território.

Para esclarecer sua declaração, o americano de 44 anos postou uma mensagem em vídeo na rede social Weibo, dizendo que sentia muito e professando seu amor pela China. No entanto, o ator não mencionou diretamente Taiwan ou sua relação com Pequim.

O ex-lutador, que tem mais de 600 mil seguidores no Weibo, acrescentou que precisava “dizer algo muito, muito, muito importante agora”, e repetiu várias vezes que lamenta o deslize.

“Amo e respeito a China e o povo chinês. Lamento muito meu erro. Peço desculpas, peço desculpas, sinto muito. Você deve entender que eu realmente amo, eu realmente respeito a China e o povo chinês . Minhas desculpas. Até mais”, disse Cena.

Mesmo assim, muitos internautas chineses não ficaram satisfeitos com o gesto, destacando que o ator americano não chegou a dizer que Taiwan faz parte da China.

Autor(a): Handreza Hayran

Handreza Hayran é editora do Foco e Fama e autoproclamada especialista das curiosidades obscuras da cultura pop.

FIYN5CTCENG7DHYE3XYQ5HGZ6Q

Timothée Chalamet interpretará Willy Wonka em um filme musical

uncharted

Sony mostra cerca de dois segundos de Uncharted com Tom Holland e Mark Wahlberg