Quem é Andrew Tate, o polêmico influencer que provocou Greta Thunberg e foi preso?

O influenciador Andrew Tate teve suas primeiras aparições como ex-atleta, participou de competições de Kickboxing de alto nível, mas desde 2016 tem se voltado mais para a mídia; alcançando milhões de seguidores em suas redes sociais.

Durante algumas de suas aparições públicas, fez comentários homofóbicos, racistas, misóginos e odiosos, que não hesitou em postar também em suas redes sociais, por isso foi banido do Facebook, Instagram, TikTok e YouTube.

Sua única conta ativa é o Twitter, através do qual no dia 27 de dezembro dedicou uma publicação à ativista ambiental Greta Thunberg, referindo-se à poluição e afirmando ter até 33 veículos do mesmo tipo. 

No entanto, Tate não imaginou que estaria se entregando, pois o vídeo permitiu que as autoridades romenas confirmassem que ele estava no país, então o prenderam em sua casa.

Do que Andrew Tate é acusado?

Andrew e seu irmão Tristan foram acusados ​​de tráfico humano, então a polícia romena procedeu a uma busca na propriedade onde ambos estavam, de acordo com notícias do BNO e The New York Post.

Segundo reportagens do Daily Mail, os irmãos sequestraram dois jovens em abril, ambos de diferentes nacionalidades e suspeita-se que tenham sido submetidos a “violência física e coação mental”.

O influenciador é ainda acusado de ter um grupo de crime organizado e de traficar, “exploradas sexualmente” mulheres, “obrigando-as a realizar manifestações pornográficas com o objetivo de as produzir e divulgar através de plataformas de redes sociais”, refere o jornal.