A grande mademoiselle: 6 fatos sobre Coco Chanel

Handreza Hayran
3 Minutos de Leitura
coco chanel

Diz a lenda que Coco Chanel pediu a Bo para criar “uma fragrância que cheira a Mulher”. Convido os leitores a descobrirem quem realmente foi a musa dos gênios, a espiã alemã e uma das mulheres mais elegantes da França e do mundo – Gabrielle Coco Chanel.

A grande mademoiselle: 6 fatos sobre Coco Chanel

1 – Coco não fazia parte do nome de Gabrielle

Nos documentos de nascimento, a futura Mademoiselle Coco foi registrada como Gabrielle Chanel. O apelido veio de uma juventude tempestuosa: assim os ouvintes batizaram a garota pelo nome da música de seu repertório Ko Ko Ri Ko (“Kukareku”), ou seja, uma abreviatura para “cocotte”.

2 – Chanel não cresceu em um orfanato

No livro “Infância de Chanel: Investigação e Descoberta” de Henri Ponchon, a autora prova que após a morte de sua mãe, a menina não foi parar no mosteiro abrigo da Abadia de Aubazin. A própria Chanel disse a amigos que foi criada por suas tias.

3 – Chanel morou em um hotel por mais de 30 anos

COCO CHANEL

Chanel preferiu quartos no Ritz a seu luxuoso apartamento em Paris na 31 rue Cambon, onde a loja principal da Chanel ainda está localizada. No Ritz, Chanel morreu em 10 de janeiro de 1971.

4 – Chanel era uma espiã alemã

Em 1940, Chanel foi recrutada por um espião, Louis de Voufreland. A inteligência britânica soube do romance de Chanel com o oficial da Wehrmacht, Barão Hans Gunter von Dinklage, e seu trabalho como espiã terminou.

5 – Chanel não fazia esboços de vestidos e ternos

Vários contemporâneos testemunham que Gabrielle não dava esboços de roupas à equipe. Normalmente, ela explicava em palavras que tipo de terno queria e fazia alterações quando a amostra estava pendurada no manequim de um alfaiate, presa com alfinetes.

6 – Chanel teve um caso com Igor Stravinsky

Biógrafos concordam que eles tiveram um relacionamento de curto prazo. De acordo com Chanel, Stravinsky a convidou para se casar com ele, embora ele próprio fosse casado. Ela recusou o compositor e mudou para um novo amante.

Compartilhe este Post
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.