Empresa cria tecido anti-Coronavírus para hotéis e restaurantes

Handreza Hayran
2 Minutos de Leitura
Virkill_HyattCentricMilano-018

Uma empresa italiana teve uma ideia de fazer uniformes e lençóis para bares, hotéis, restaurantes com um tecido que protege contra a transmissão do Coronavírus através de superfícies.

Um tecido anti-Coronavírus para fazer uniformes para bartenders, chefs, garçons e faxineiros é a proposta de uma empresa italiana para permitir que as operadoras do setor de hotelaria trabalhem com mais segurança, protegendo-se da transmissão do vírus de superfícies.

Tecido anti-coronavírus Virkill

O novo tecido antibacteriano e antiviral se chama Virkill, e a empresa Italtex, empresa histórica fabricante de tecidos de seda para roupas femininas, que acaba de apresentar sua coleção em um hotel boutique de Milão. Não só uniformes serão feitos, mas também roupa de cama para restaurantes e roupa de cama para quartos de hotel e centros de bem-estar.

Tecido anti-vírus Coronavirus: o mercado

Não é a primeira vez que produtos desse tipo são apresentados no mercado. A pandemia de fato forçou muitas empresas a repensar seus parâmetros de produção. E abriu caminho para novas tecnologias que, mesmo na área têxtil, podem representar um auxílio para a prevenção da Covid-19.

Não surpreendentemente, o de tecidos antimicrobianos e antivirais é um dos mercados de crescimento mais rápido no último período. Com um valor estimado de 20,5 bilhões em 2026, em comparação com 10,48 bilhões de dólares em 2019 (fonte: Global Market Insights). 

Compartilhe este Post
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.