Ichiro Mizuki: morre o “rei das canções de anime”

O cantor Ichiro Mizuki gravou mais de 1.200 músicas para filmes, séries de TV, séries de animação e videogames.

Esta segunda-feira foi anunciada a morte do cantor japonês Ichiro Mizuki aos 74 anos, conhecido como “o imperador das canções de anime” graças ao fato de sua voz ressoar em várias canções do gênero.

Em comunicado de sua produtora, a empresa Yellow Bird, foi informado que Ichiro Mizuki morreu no dia 6 de dezembro às 18h50 em decorrência de um câncer de pulmão diagnosticado no ano passado.

Sua condição tornou-se grave, com metástases cerebrais e linfonodais, bem como disseminação meníngea.

Atendendo à vontade da família, o velório e os funerais foram realizados com a presença exclusiva de pessoas próximas, embora tenha sido informado que em breve seria realizada uma festa de despedida.

Quem foi Ichiro Mizuki?

Ichiro Mizuki nasceu em Tóquio em 7 de janeiro de 1948 sob o nome de Toshio Hayakawa, Mizuki, que também é carinhosamente conhecido pela sigla ‘Aniki’.

Sua estreia musical aconteceu em 1968 e durante mais de 50 anos de trabalho gravou mais de 1.200 músicas para filmes, séries de televisão, séries animadas e videogames.

Em 1999, realizou um concerto de 24 horas onde executou mil canções, o chamado “concerto de 1000 canções” tornou-se lendário no Japão.

A sua voz é recordada pela geração que cresceu com o tema de abertura de Mazinger ZCaptain Harlock ou Kamen Rider, série de super-heróis pioneira do subgênero Henshin Hero, que inclui, por exemplo, os Power Rangers.