Qual papel Lauren Cohan fez em Supernatural?

Handreza Hayran
2 Minutos de Leitura
Lauren Cohan em Supernatural

A série Supernatural conta a história de dois caçadores de espíritos malignos, Sam e Dean Winchester, que viajam pelos Estados Unidos, investigando o paranormal e lutando contra as criaturas do mal.

O Criador, Eric Kripke e toda a equipe da série fizeram um trabalho fantástico ao criar novas histórias e reviravoltas em um mundo povoado por anjos, demônios e deuses, e vampiros, lobisomens e outros mortos-vivos do outro, mantendo os espectadores juntos por gerações.

Mas como Lauren Cohan encontrou seu lugar em Supernatural?

Lauren Cohan em Supernatural: a linda Bela Talbot

Um dos personagens mais completos e completos da série foi uma mercenária em busca de artefatos mágicos, Bela Talbot, interpretada pela charmosa atriz Lauren Cohan.

A imagem de Bela, que usa sua mente, sexualidade e engano para enriquecimento pessoal, se opõe aos personagens dos irmãos Winchester, para quem a salvação de vidas humanas está em primeiro plano. 

Depois que os heróis, por interesses comuns, têm que agir juntos, o comportamento da mercenária cresce um conflito entre o desejo de fazer o certo e a sede de lucro. Infelizmente, em uma situação crítica, ela faz a escolha errada e morre nas garras de um cão infernal.

A personagem Bela Talbot também é valiosa para a história porque sua morte foi definitiva e irrevogável. A frivolidade das mortes de personagens-chave nas últimas temporadas da série, tornou-se a principal desvantagem de Supernatural. 

Nesse caso, o destino da heroína tornou-se um resultado natural de seu egoísmo e desconfiança dos outros, e sua morte foi um evento verdadeiramente trágico que pesa tanto no espectador quanto nos demais heróis da história.

Compartilhe este Post
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.