Mulher cai de um penhasco e morre ao tirar uma selfie na Bélgica

Handreza Hayran
2 Minutos de Leitura

Uma mulher belga, identificada como Zoe Snoeks, morreu após cair de uma altura de 30 metros ao tentar tirar uma selfie na beira de um penhasco.

O acidente, segundo o New York Post, ocorreu na última terça-feira na cidade de Nadrin, na Bélgica, onde a vítima e seu companheiro saíram para passear.

No dia da tragédia, os dois planejavam voltar para casa, na província belga de Limburg, mas antes decidiram tirar fotos em uma pequena montanha chamada Herou.

No topo, Zoe pediu a seu parceiro para cuidar de seus cães. Quando ele olhou para sua esposa, ela não estava mais lá.

“Deve ter acontecido em menos de cinco segundos”, disse Janssen. Após uma busca árdua, uma equipe de resgate encontrou o corpo sem vida da mulher em um rio próximo.

Comovido com a tragédia que o atingiu de perto, o marido da vítima lembrou:

“Tirar fotos era sua paixão. Eu imediatamente desbloqueei seu telefone e vi que ela havia tirado uma foto na beira do penhasco. Sua última selfie. Zoe está olhando para a frente. Você também pode ver a névoa e o rio onde eles finalmente encontraram o corpo dela.”

Mortes por selfie

Um estudo da Universidade Miguel Hernández (UMH) de Elche, no leste da Espanha, determinou que, no mundo todo, uma pessoa morre a cada 13 dias em circunstâncias semelhantes às de Zoe: turistas que posam para uma foto ou simplesmente perseguem o melhor autorretrato.

Denominada Mortes por selfies por meio de ferramenta de inteligência epidemiológica (2008 a 2021): estudo transversal, o relatório mostra 31 acidentes fatais até o momento neste ano.

Compartilhe este Post
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.