9 Séries Imperdíveis se Você Amou ‘Vikings: Valhalla’

Handreza Hayran
5 Minutos de Leitura
Vikings

Vikings: Valhalla não é apenas uma continuação da famosa série, mas uma obra independente com produção em larga escala, personagens memoráveis ​​baseados em figuras históricas reais e uma trama que vai cativar até os fãs de Game of Thrones.

Mas o que ver depois de devorar os oito episódios que compõem a primeira temporada de Vikings: Valhalla? Aqui estão dez títulos semelhantes que são absolutamente imperdíveis.

1. Vikings

A lista só poderia abrir com Vikings, a série de televisão da qual Vikings: Valhalla é o spin-off.

Criado por Michael Hirst, a série narra as conquistas, batalhas, triunfos e derrotas de Ragnar Lothbrok e seus filhos Bjorn, Ubbe, Hvitserk, Ivar e Sigurd.

Como Vikings: Valhalla, a série estrelada por Travis Fimmel entrelaça eventos reais com sequências de sonhos e eventos fictícios.

2. O Último Reino (The Last Kingdom)

Adaptação para a televisão do ciclo de romances de Bernard Cornwell, The Tales of the Saxon Kings, The Last Kingdom conta a história do saxão Uhtred de Bebbanburg, sequestrado por vikings dinamarqueses durante o século IX e treinado para se tornar um deles.

O drama histórico, assim como Vikings: Valhalla, foca nos confrontos entre nórdicos e saxões e explora a relação dos protagonistas com as crenças pagãs e cristãs.

3. Norsemen

Série norueguesa de 2016 lançada globalmente na Netflix, Norsemen foca nas vicissitudes de uma vila viking durante 790 d.C. com ironia irreverente.

Ao apresentar um cenário semelhante ao de Vikings: Valhalla, diferentemente da série de Jeb Stuart e Michael Hirst, Norsemen traduz as incursões nórdicas em uma chave cômica, dando um toque inédito aos dramas históricos clássicos.

4. Ragnarok

Os intrigados com a mitologia nórdica explorada em Vikings: Valhalla certamente não podem perder Ragnarok, uma série dinamarquesa-norueguesa que carrega lendas sobre os deuses vikings dos dias atuais.

O protagonista da história é Magne, um menino tímido e introvertido que, após uma misteriosa mutação, adquire os poderes do deus Thor, tornando-se um ser invencível.

5. Game of Thrones

Game of Thrones é a saga épica de fantasia baseada nos romances de George RR. Martin que conta as lutas sangrentas pela conquista do Trono de Ferro pelas principais famílias protagonistas: Lannister, Targaryen, Baratheon e Stark.

Embora com Game of Thrones não nos deparemos com uma série baseada em eventos reais, é uma visão obrigatória para os fãs de Vikings: Valhalla, que também encontrarão aqui batalhas épicas, cavaleiros em armaduras brilhantes, alianças inesperadas e jogos de poder maquiavélicos.

6. Knightfall

Série irmã de Vikings: Valhalla pela maneira como habilmente entrelaça fatos históricos com eventos lendários, Knightfall narra a ascensão e o declínio dos Cavaleiros Templários durante o século XIV.

A série segue a história de Landry du Lauzon, líder dos Templários que lidera seus homens na busca do Santo Graal.

7. O Reino Perdido dos Piratas

Prequela de A Ilha do Tesouro de Robert Louis Stevenson, ‘O Reino Perdido dos Piratas’ traz a era de ouro dos piratas para a tela ao contar as batalhas do capitão da morsa, James Flint, sua tripulação, rivais e arqui-inimigos.

8. Britannia

A série fala dos objetivos expansionistas do Império Romano cujo exército, em 43 d.C., partiu para conquistar a Grã-Bretanha.

A mostra, cujo foco continua sendo o conflito entre a fé celta e a romana, traz, para fins dramáticos, diversas mudanças nos acontecimentos históricos que a inspiram, exatamente como acontece em Vikings: Valhalla.

9. Bárbaros

Confrontos sangrentos e batalhas sem limites ainda são encontrados em Bárbaros, série alemã que conta, nos oito episódios que compõem a primeira temporada, a ocupação da Alemanha pelo Império Romano e a consequente rebelião do condottiere Armínio, líder das tribos germânicas.

Escrito por Handreza Hayran
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.