8 Fatos sobre a história de ‘Bandidos na TV’ da Netflix

Handreza Hayran
5 Minutos de Leitura
bandidos na tv

‘Bandidos na TV’ é um original de sete episódios da Netflix sobre Wallace Souza, um político e apresentador de TV brasileiro que cometeu uma série de crimes.

Aqui está tudo o que você precisa saber sobre a verdadeira história de ‘Bandidos na TV’.

1. Canal Livre foi criado para combater o crime

Em 1989, a TV Rio Negro exibiu o noticiário brasileiro Canal Livre. Apresentada pelo ex-policial Wallace Souza, a série deveria ser mais um show de variedades, mas com o tempo passou a focar em casos de crimes reais que aconteciam na cidade de Manaus.

À medida que evoluiu, o Canal Livre quase se tornou uma extensão da polícia brasileira, e Souza e seus irmãos se envolveram cada vez mais na política local. Pelo menos foi assim até agosto de 2009.

2. Wallace Souza foi policial antes de ser apresentador de TV

Nascido e criado em Manaus, Wallace Souza era originalmente policial. Ele foi demitido da polícia por fraude previdenciária em 1987, mas esse crime não o deteve por muito tempo.

Dois anos depois, Souza tornou-se apresentador do programa de variedades Canal Livre.

3. Wallace foi eleito pelo Partido Liberal em 1998

Graças ao seu tempo como apresentador do Canal Livre e seu trabalho na captura pública de criminosos, Wallace Souza começou a ganhar seguidores. Foi eleito pela primeira vez para o Partido Liberal em 1998.

Mais tarde, tornou-se líder do Partido Social Cristão e foi eleito para a Assembleia Legislativa do Amazonas. Seu irmão Carlos Souza também se envolveu na política e chegou a ser vice-prefeito.

4. Wallace Souza foi acusado de matar 5 pessoas para aumentar audiência do programa

O sucesso televisivo e político de Souza mudou em 2009. Foi quando ele foi acusado de contratar pistoleiros para matar cinco pessoas na tentativa de aumentar a audiência de seu programa de TV. 

As autoridades começaram a suspeitar da atividade criminosa de Souza graças à cobertura do Canal Livre. 

O programa era quase sempre o primeiro a chegar à cena do crime e muitas vezes recebia imagens gráficas exclusivas das consequências. 

O ex-policial Moacir Jorge da Coasta confirmou essas suspeitas, alegando que Wallace Souza o subornou para cometer um dos assassinatos.

5. Wallace Souza foi indiciado por homicídio e tráfico de drogas

À medida que a suspeita da polícia crescia, a própria equipe de Souza acabou denunciando-o. Eles o expuseram por assassinato, tráfico de drogas e atividade de gangues.

Após a prisão de seu filho, a prisão de sua ex-produtora Vanessa Lima, e esquivando-se de sua própria prisão, Souza foi indiciado por homicídio, tráfico de drogas, formação de quadrilha criminosa entre outras coisas. 

6. Wallace Souza nunca foi a julgamento

Depois que a polícia descobriu o que Wallace Souza estava fazendo, eles queriam prendê-lo. Ele não estava disposto a ser preso, então fugiu da lei por três dias antes de mudar de ideia e se entregar – embora mesmo depois de se entregar, ele tomou a curiosa decisão de proclamar sua inocência.

Pouco depois, Souza foi hospitalizado devido à doença crônica do fígado. Ele faleceu antes que pudesse ser julgado. Mesmo quando sua carreira como radialista chegou ao fim. Souza ainda conseguiu transformar sua vida em sensacional material de tablóide.

7. Wallace Souza morreu de ataque cardíaco

Ele foi preso em 9 de outubro de 2009, mas não ficou muito tempo na prisão. Wallace Souza morreu cerca de um ano depois, em 2010, de ataque cardíaco.

8. ‘Bandidos na TV’ não é a única série sobre Wallace Souza

O drama criminal brasileiro Pacto de Sangue, é vagamente baseado na vida de Wallace Souza. Você pode assisti-lo na Netflix agora mesmo.

A série brasileira chamada Pacto de Sangue foi lançada em 2017 e foi disponibilizada na Netflix. Para aqueles que estão especialmente interessados ​​em Wallace e sua história de vida, Pacto de Sangue é um contraste interessante com ‘Bandidos na TV’ já que o primeiro é uma série de televisão com roteiro mais convencional.

Embora lhe falte o realismo de ‘Bandidos na TV’, conta com uma ótima atuação de Guilherme Fontes como Silas Campello, um repórter de televisão vagamente baseado em Wallace Souza. 

Como o Pacto de Sangue é meramente inspirado por Souza, ele se desvia dos fatos de maneiras (interessantes) que ‘Bandidos na TV’ não consegue.

Mais sobre a série

É uma série dirigida por Daniel Bogado e uma série produzida por Suemay Oram. É produzida por Matthews, Lord e Alex Marengo.

Escrito por Handreza Hayran
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.