Quem é a Chama Branca mencionada na 2ª temporada de ‘The Witcher’?

Iasmin Maciel 20/12/2021
Atualizado 15/06/2022 10:32
2 Minutos de Leitura

A segunda temporada de ‘The Witcher’ já está entre nós, e nessa nova parte, a série explora a relação entre Geralt de Rivia (Henrry Cavill) com Ciri (Freya Allan). Durante grande parte da história da segunda temporada, um mistério envolve a Chama Branca, um grande mistério da temporada revelado no último episódio.  

Não é a primeira vez que a Chama Branca é mencionada me ‘The Witcher’. Durante a primeira temporada o termo é usado por Fringilla (Mimi Ndiweni), mas passou despercebido por grande parte do público até ser explorado na nova temporada.  

A Chama branca é o pai de Ciri

Durante a segunda temporada, a Chama Branca é apresentada ao público como o imperador Emhyr var Emreis (Bart Edwards), mas a grande revelação é que a Chama Branca já é um conhecido da antiga temporada.

Na última cena do episódio oito (Família), a identidade de Emhyr é revelada, um dos grandes plot twist do ano.

O imperador nilfgaardiano não é nada menos do que Duny, o pai de Ciri. A aparição de Duny é durante a primeira temporada de ‘The Witcher’, onde o jovem vive sobre uma maldição que o transformou em um ouriço.

Duny aparece reivindicando a mão da princesa Pavetta, que ganhou com a Lei da Surpresa após salvar o rei Roegner. O pai de Ciri era dado como morto junto com Pavetta. Com a morte dos pais, a leoazinha de Cintra foi criada pela rainha Calanthe.  

Essa reviravolta da Chama Branca deve refletir nos acontecimentos da terceira temporada da série, que já foi confirmada pela Netflix e deve chegar em 2023 no catálogo do streaming.

Até lá os fãs podem assistir as duas temporadas de ‘The Witcher’ disponíveis na plataforma.

Uma boa notícia é que enquanto a terceira temporada não estreia, o universo da série será explorado no spin-off ‘The Witcher: Blood Origin’, que chega em 2022.

Compartilhe este Post