Cidade invisível: entendendo as mitologias da série

A nova produção brasileira Cidade Invisível pela Netflix fez o maior sucesso, não só no Brasil como em outros países pelo mundo. Um dos motivos para todo esse sucesso é a inclusão das lendas folclóricas que faz com que a história ganhe uma nova visão em relação à outras series do gênero.  

A primeira temporada introduz várias dessas lendas, que são bem conhecidas por uma boa parte dos brasileiros, mas na série esses seres receberam uma nova roupagem e até nomes diferentes. Conheça quais são as lendas representadas na série e entenda sobre elas.  

Cuca: o terror das criancinhas 

É impossível que durante a infância alguém não tenha escultado aquela clássica canção de ninar “dorme neném que a cuca vai pegar”.

A cuca é bem conhecida e foi muito popularizada por Montero Lobato em o Sítio do Pica-pau Amarelo, mas diferente da Cuca que conhecemos no formato de jacaré, a série Cidade Invisível, nos apresentou uma versão repaginada e que não lembra nada um jacaré, mas aliás, qual é a versão correta dessa lenda? 

De acordo com a lenda da Cuca, essa entidade é uma velha bruxa, que também pode apresentar a forma de um jacaré, assustando e roubando as criancinhas.

Algumas histórias também indicam que a Cuca pode se transformar em borboletas (como na série) para raptar as crianças desobedientes.  

Na série, a personagem da Cuca é Inês que tem seu poder manifestado em forma de borboletas.  

Saci-Pererê: o travesso e guardião

O Saci é uma entidade muito travessa e que faz brincadeiras com humanos e animais. Desse modo, ele é representado como um garoto negro, com apenas uma perna, vestido de vermelho e fumando cachimbo.

O Saci é um guardião das ervas sagradas, mas também gosta de agir de forma de atrapalhar as pessoas pregando peças. Em Cidade Invisível o Saci é representado como Isac.  

Curupira: o demônio da floresta na série Cidade Invisível

O Curupira, também conhecido como demônio da floresta, tem uma aparência diferente do representado na série. De acordo com a lenda, o Curupira é uma ser de pequena estatura, com cabelos ruivos e os pés virados para trás.

Assim, por possuir essa anomalia, o Curupira aproveita para confundir os perseguidores, que acabam seguindo a direção contraria ao qual ele seguiu. Mas a entidade também gosta de receber bebidas e fumo. O Curupira é conhecido como Iberê.  

Iara: dona de uma beleza fatal na série Cidade Invisível

Iara é uma sereia que vive no fundo dos rios. Sendo assim, possui uma beleza estonteante e uma voz que hipnotiza os homens, fazendo com que sejam dominados por ela. Essa entidade também pode ser conhecida como Uiara ou Mãe d’agua.

A lenda da Iara tem origens europeia, mas ao chegar no Brasil foi modificada e recebeu traços indígenas. Na série a Iara é representada pela personagem Camila. 

Boto-cor-de-rosa: conquistador de jovens inocentes

Ele é metade homem e metade animal, uma entidade que vive na Amazônia. Assim, pela lenda, o Boto-cor-de-rosa se transforma em humano durante a lua cheia, em sua forma humana, o Boto procura festas juninas para encontrar a moça mais bela e conquistar e engravidar.

É comum que o termo “é filho do Boto” seja associado à gestação onde o pai é desconhecido.  

Em Cidade Invisível o Boto é conhecido como Manaus. 

Tutu: assombrando crianças malcriadas na série Cidade Invisível

O Tutu é uma entidade associada ao bicho-papão. Na lenda do Tutu, ele é descrito como um monstro negro sem formas definidas, muito usado para assombrar crianças.

Além disso, o Tutu também pode se transforma em um porco-do-mato, que é como ele é apresentado na série.  

Corpo-seco: entidade maligna

Corpo-seco era um homem maligno, que prejudicava todos ao seu redor. Assim que morreu, Corpo-seco foi rejeitado por Deus e pelo diabo, a terra também não o aceitou, e Corpo-seco teve que sair do próprio túmulo e viver como uma alma penada.

O Corpo-seco passou a viver assombrando as pessoas que passam próximo dele, grudando no corpo da vítima e sugando seu sangue e se não for expulso, a vítima pode acabar morrendo.  

Na série Corpo-seco acaba possuindo o corpo de Luna e de Eric.

Cidade invisível: entendendo as mitologias da série via @focoefama

Autor(a): Iasmin Maciel

Iasmin Maciel é escritora freelancer que encontra nos livros, filmes e series um abrigo para a mente. Ela pode passar o dia inteiro falando de sua série preferida "How I Met Your Mother".

Schermata-2021-03-27-alle-12-compressed-1-1068x555-1

Manu Rios: fatos sobre o ator mais cobiçado de Elite

Quem é Jeremy Pope, o Archie Coleman da série Hollywood