7 Fatos mais importantes para entender o mundo de ‘The Witcher’

Handreza Hayran 20/06/2022
Atualizado 20/06/2022 09:09
6 Minutos de Leitura
the witcher

The Witcher é um grande sucesso na Netflix, encantando tanto os recém-chegados quanto os fãs obstinados dos livros e videogames de Witcher.

Embora a série explique muito na 1ª temporada, alguns conhecimentos essenciais são simplesmente necessários, o que provavelmente confundirá muitos espectadores.

Explicamos os antecedentes mais importantes para o mundo de The Witcher.

1. O que são bruxos e por que não são humanos?

The Witcher

O bruxo Geralt de Rivia não é apresentado na série, nem é explicado que tipo de ser ele é – é enfatizado repetidamente que ele não é humano. Isso é apenas metade da verdade, porque Geralt já foi humano.

Quando criança, como muitos outros órfãos e crianças pobres, ele foi levado para a fortaleza dos bruxos de Kaer Morhen.

Para o treinamento de feiticeiros, as crianças são submetidas a um total de quatro testes de risco de vida que apenas os melhores dos melhores podem sobreviver.

Um dos piores testes é o chamado teste de ervas, ao qual apenas 20% das crianças sobrevivem. Os meninos recebem um coquetel de veneno que, se sobreviver, transformará a criança em um mutante.

Bruxos são apenas homens, pois um corpo feminino não sobreviveria ao teste de ervas e mutações. (No entanto, como mostra a série, o treinamento para magos do sexo feminino também não é um fácil.)

No final de todo o treinamento, os feiticeiros são guerreiros perfeitos com:

  • Reflexos mais rápidos;
  • Audição aguçada;
  • Visão noturna;
  • Cicatrização aprimorada de feridas;
  • Processo de envelhecimento significativamente mais lento.

Os efeitos colaterais do procedimento desumano são cabelos brancos, infertilidade e uma certa falta de emoção.

2. Por que Geralt às vezes tem pele pálida e olhos mudam de cor?

The Witcher

Logo na primeira cena da série encontramos Geralt com essa aparência assustadora. Depois de um tempo ele parece “normal” novamente.

Isso ocorre porque antes de caçar monstros, os bruxos bebem uma porção de heléboro branco, maçã espinhosa e espinheiro e spurge.

Graças à mutação, os bruxos não morrem dessa bebida venenosa, mas podem manter seus órgãos sob controle total e aumentar seus reflexos e sentidos muitas vezes.

3. Os bruxos também são mágicos?

The Witcher

No primeiro episódio, Geralt faz comentários depreciativos sobre mágicos, mas logo depois lança um feitiço mágico em seus inimigos – isso não é contraditório?

Não, porque os feiticeiros usam sua própria forma de magia: os signos do feiticeiro. É uma forma muito simples de feitiçaria que só é eficaz quando usada corretamente.

Entre outras coisas, Geralt pode enviar uma onda de explosão telecinética e influenciar a mente de seu oponente.

4. Por que Geralt tem duas espadas?

Esse também é um aspecto que infelizmente não é explicado na série “The Witcher”.

Geralt carrega uma espada nas costas, outra está presa à sela de seu cavalo. Veja a explicação:

  • A espada de aço em suas costas é usada apenas por bruxos contra humanos e animais normais. Mesmo mutantes que já foram humanos são combatidos com aço.
  • A outra espada de Geralt é uma espada de prata, que os bruxos só usam contra monstros e criaturas mágicas. Essas criaturas são particularmente vulneráveis ​​a esse metal e, em casos especiais, são apenas feridas por ele.

5. Como é o mundo de The Witcher?

Como em tantas outras histórias de fantasia, o mundo do bruxo Geralt é extremamente extenso.

Por um lado, o continente consiste nos Reinos do Norte, que consistem em um grupo de reinos independentes, principados e as Ilhas Skellige.

Esses reinos também incluem Cintra, que desempenha um papel importante na série. De frente para o norte está o poderoso reino de Nilfgaard no sul, que se apropriou das terras por meio de conquistas agressivas.

Além dos humanos, o mundo também é habitado por anões, elfos e outras criaturas míticas.

6. O que é conjunção das esferas?

A chamada conjunção das esferas é mencionada várias vezes, mas não explicada. Esta é uma colisão cósmica de vários universos paralelos cerca de 1.500 anos atrás.

Acredita-se que seja a origem de monstros. Os elfos afirmam que os humanos vieram ao mundo através da conjunção das esferas.

Os feiticeiros humanos, por outro lado, supõem que os humanos existiam naquela época, mas só então receberam magia.

Os estudiosos também assumem que tal colisão mundial pode acontecer novamente a qualquer momento.

A série spin-off The Witcher: Blood Origin se passa no tempo da Conjunção das Esferas muito antes da série original.

7. Em que é baseada a série The Witcher?

A série é baseada no livro de Andrzej Sapkowski, mas não nos três jogos de computador que se passam muitos anos depois.

A primeira temporada mistura histórias dos dois primeiros volumes de contos “The Last Wish” e “The Sword of Providence” com “The Legacy of the Elves”, o primeiro volume da saga de Geralt em cinco partes.

Um total de 9 romances de The Witcher foram publicados entre 1992 e 2013.

Se você gosta da série, definitivamente deveria conferir os livros, pois eles são muito mais profundos, engraçados e muitas vezes mais trágicos.

Compartilhe este Post