Stephen Campbell | Por que ele é homenageado em The Walking Dead?

Handreza Hayran
2 Minutos de Leitura

A segunda parte da 11ª temporada da ficção zumbi estreou com um episódio, ‘No Other Way’, que desenha o novo caminho de muitos personagens.

Sob o título ‘No Other Way’ (11×09) , o episódio com o qual a décima primeira temporada de The Walking Dead voltou acabou resolvendo a batalha contra os ‘Reapers’ e, de uma forma ou de outra, estabeleceu novos caminhos para muitos dos seus personagens.

Homenagem à Stephen F. Campbell

Além disso, o primeiro episódio da segunda parte da 11ª temporada de The Walking Dead serviu para homenagear um membro da equipe que morreu recentemente.

A homenagem foi feita ao diretor de fotografia Stephen F. Campbell, que morreu aos 65 anos durante a espera entre a primeira e a segunda parte da décima primeira parcela em novembro passado.

Como fizeram em outras ocasiões, o capítulo terminou com uma tela preta e uma dedicatória:

“Em memória de Stephen Campbell”.

O diretor de fotografia era um companheiro veterano da série da AMC, na qual trabalhava desde 2013 e para a qual trabalhou em um total de 36 episódios desde então.

Ele começou como operador de câmera e seu primeiro trabalho como diretor de fotografia foi no episódio da quarta temporada ‘Claimed’.

Por sete temporadas de caos apocalíptico zumbi, ele criou imagens definidoras de gênero para a série de TV de sucesso”, escreveu a filha de Campbell, Aubrie Campbell Canfield, ao anunciar sua morte no Facebook em novembro do ano passado.

Da mesma forma, foi anunciada recentemente a morte de Moses J. Moseley, encontrado morto aos 31 anos por causas que ainda estão sendo investigadas.

O jovem teria interpretado um zumbi, especificamente um dos “zumbis de estimação” de Michonne (Danai Gurira), Mike, até seis vezes durante três temporadas, de 2012 a 2015.

Escrito por Handreza Hayran
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.