la casa de papel

As 5 principais séries espanholas para assistir

A 4ª temporada de La Casa de Papel ficou para trás? Sente falta do clima ibérico e do temperamento latino? Abaixo apresentamos uma lista de séries espanholas que tornarão a sua espera mais agradável.

La Casa de Papel é atualmente a série espanhola mais popular, mas não é a única série representativa da cultura ibérica.

Entre as produções de séries espanholas, pode não haver grandes sucessos mundialmente famosos, mas existem alguns formatos muito interessantes e não convencionais. Abaixo, apresentamos uma lista de séries que todo amante da cultura deve ver.

1 – Elite

Essa é uma das séries espanholas com o que você associa o termo “drama adolescente”? Problemas de primeiro mundo que afetam os jovens, os ricos e os pobres? Histórias de amor extravagantes destinadas a crianças ingênuas?

A escola Elite é representativa do gênero, mas quebra os moldes. Você poderia dizer que este é o único “drama adolescente” que todo fã de série deveria assistir.

A história se concentra em uma escola espanhola de elite, onde os filhos de pais ricos estudam. Carros caros, roupas chamativas e modos indiferentes.

Os protagonistas, porém, são jovens pobres que, ao contrário dos demais alunos, não possuem milhões em sua conta. A vida desses jovens é uma luta constante pela sobrevivência.

A situação fica mais complicada quando ocorre um assassinato na escola Elite. Os adolescente pobres rapidamente se tornam os principais suspeitos.

2 – Narcos

Essa não é uma produção espanhola, mas vale a pena mencioná-la nesta lista, pois ao lado de “Casa de Papel” é atualmente a mais famosa representação serial da cultura latina.

“Narcos” trata do assunto da máfia sul-americana. As primeiras temporadas se concentram no personagem do famoso Pablo Escobar. Mais tarde, a ação segue para o México, e temos a oportunidade de entrar profundamente no submundo local.

A série ficou famosa por uma abordagem muito detalhada do assunto e uma adaptação inteligente de eventos reais para uma história de ficção.

Os chefes do cartel de drogas da América do Sul são como os protagonistas de Shakespeare em Narcos. Pessoas de carne e sangue agitadas com paixão e selvageria de coração. Eles escolhem o caminho do mal e do vício que os consome e destrói com o tempo.

3 – As Telefonistas – uma das séries espanholas sobre a mulher

É difícil imaginar, mas uma mulher trabalhadora já foi um grande problema para os homens.

Os anos 20 do século passado deixaram muito a desejar em termos de igualdade de direitos. A série “As Telefonistas” leva-nos a Madrid, onde acaba de abrir uma grande central telefónica.

Quatro senhoras, contra as convenções e os olhares sombrios da sociedade patriarcal, iniciam ali suas carreiras profissionais. Elas não têm nada em comum, exceto a determinação de mudar algo em suas vidas.

Essa é uma das séries espanholas onde há história sobre amizade, amor e a luta por um futuro melhor.

Esta não é uma série com uma mensagem feminista forte e invasiva, mas sim uma novela que não se cansa. O enredo é tão viciante que os homens também acharão algo interessante nele.

4 – Gran Hotel – uma das séries espanholas de mistério e amor

Outra série espanhola de bom gosto e estilo que se passa no início do século XX. Desta vez, os criadores enfatizam a ficção policial, mas aqui e ali você pode ver um ponto em comum com a famosa série britânica “Downton Abbey”.

séries espanholas

Primeiramente, o jovem Julio chega ao impressionante Gran Hotel e ali trabalha como garçom. Mas na realidade, porém, ele inicia uma investigação privada para descobrir o mistério do desaparecimento de sua irmã.

Acontece que algumas pessoas associadas ao hotel têm segredos sombrios, embora Julio também encontre pessoas que lhe são favoráveis ​​e (como você pode facilmente adivinhar) encontra um grande amor.

5 – Vis a Vis – uma das séries espanholas sobre prisão

Você gosta de “Orange Is the New Black”? Em caso afirmativo, marque “Vis a Vis”, mas cuidado – não é um formato duplo! Em ambos os casos, temos uma prisão para mulheres e uma linda loira como reclusa, mas as semelhanças acabam aí.

Enquanto “Orange Is the New Black” é um pouco cheio de zoeira, “Trapped” mantém o tom sério da história.

Os criadores da série espanhola focam na autenticidade. Não há espaço para colorir o enredo aqui – a realidade é muito brutal e intransigente, mas, extremamente comovente.

Além disso, também vale a pena acrescentar que veremos alguns rostos familiares na série.

Assim, o papel da personagem principal é interpretado por Maggie Civantos, conhecida da série “Telefonistas”, e Alba Flores, ou Nairobi de “La Casa de Papel”.

Autor(a) Handreza Hayran

Handreza Hayran é editora do Foco e Fama e autoproclamada especialista das curiosidades obscuras da cultura pop. Quando não está escrevendo sobre seus programas de TV favoritos, pode ser vista assistindo Patati Patatá com seu filho Derick.

gambito da rainha

O Gambito da Rainha é a minissérie mais assistida da Netflix, com 62 milhões de visualizações no primeiro mês

De Hollywood à Lobotomia: Sucesso e Tragédia de Frances Farmer