This is Us

Por que você precisa assistir This is Us

Tem muita gente que prefere ação, ficção científica ou séries de heróis. Mas This is Us deveria ser obrigatório. Ao acompanhar o drama da família Pearson, é impossível não fazer uma análise sobre nossa própria vida.

Há quem diga que assinar o canal de streaming Amazon Prime Video só para acompanhar esse quinteto é quase equivalente a uma sessão de terapia semanal!

O que tem de tão interessante assim?

Ao ler a sinopse, parece ser mais um dramalhão sem sal sobre uma família norte-americana.

This is Us quebra esse paradigma completamente. E não estamos falando apenas do fato de que cada um dos personagens é tão bem trabalhado que você até sonha para que eles sejam de verdade. Tampouco da atuação incrível de um elenco que às vezes você vai até duvidar que não é de fato uma família.

Mas o que pega mesmo é que o roteiro é impecável e redondo de uma forma, que é comum soltar frases tipo “Não é possível que alguém escreveu essa história” entre um episódio e outro.

Qual a história dessa família?

Desculpa pelo spoiler, mas não vai ter jeito!

Pensa numa história onde o jovem casal Rebecca (Mandy Moore) e Jack (Milo Ventimiglia), engravida de trigêmeos, perde um dos bebês no parto, e ainda na maternidade adota um bebê negro que fora abandonado pelo pai biológico.

Como se não bastasse toda essa compaixão, as histórias dos trigêmeos são construídas ao longo do tempo, com uso de muito flashback, de forma que falam sobre amor, empatia, respeito, e tudo mais que a humanidade precisa ouvir. Principalmente nos dias em que vivemos.

A produção se aprofunda cada vez mais na realidade de cada história. Numa dinâmica tão bem construída, que há explicação para a insegurança de Kevin (Justin Hartley), mesmo ele sendo um ator conhecido no mundo inteiro. Faz sentido a compulsão por comida da Kate (Chrissy Metz) e a sua obesidade. Tem lógica que Randall (Sterling Brown) seja tão metódico e perfeccionista. E você consegue entender tudo isso num vai e vem delicioso de acompanhar.

Somos nós. Mesmo!

Não tem herói. Ninguém é perfeito. Todos os personagens sofrem problemas mundanos. Insegurança, ansiedade, stress, luto, pressão, pânico, dor.

Os Pearson são, no final das contas, como eu e você.

Por que você precisa assistir This is Us via @focoefama
nv-author-image

Carol Campos

Carol Campos é escritora. Graduada em Letras e apaixonada pela escrita.