Israelense processa Burger King por cheeseburger “muito saboroso”

Handreza Hayran
1 Minutos de Leitura
burger king

Um morador israelense entrou com uma ação contra a rede de fast food Burger King na cidade de Hod Hasharon porque seu cheeseburger tinha queijo “saboroso demais”.

O homem disse que no seu hambúrguer seria colocado queijo feito de leite vegetal, como deveria ser em estabelecimentos que aderem às regras alimentares judaicas.

Ele perguntou à equipe como eles conseguiram obter esse sabor e descobriu que o queijo era feito de leite comum.

#publi

A equipe do Burger King explicou que o estabelecimento costumava ser kosher (comida judaica), mas não é mais. O israelense acusou a rede por ser enganado.

“O visitante da cadeia ficou surpreso e irritado por comer comida não kosher, violando a proibição da combinação de laticínios e carne, o que é contrário à sua fé”, segundo um processo elaborado por seu advogado.

O homem disse que viu um anúncio do Burger King, no qual uma pessoa que se parece com um judeu ortodoxo convida você a experimentar um “novo produto” chamado Har-Burger. Segundo a vítima, trata-se de “desinformação grosseira que prejudica os clientes”.

Escrito por Handreza Hayran
Nascida e criada em Petrolina-PE, Handreza Hayran é co-fundadora e editora do Foco e Fama. Formada em Computação pela UFRPE, ela também é fã de tecnologia, filmes e séries. Além disso, acredita que histórias bem contadas, são presentes incrivelmente valiosos.